Publicado em por em Educação, Navegação, Santarém

Os cursos serão ofertados em duas etapas neste ano de 2022

Capitania de Santarém oferecerá cursos para estudantes e comunitários do rio Arapiuns
Capitão Fróes, tenente Lila e o somarino Eládio Delfino. Foto: Divulgação

Definido pelo número 1 da Capitania dos Portos de Santarém (PA), capitão-de-fragata Fabrício Fróes Teixeira, a realização de 2 cursos de formação de aquaviários: Marinheiro Auxiliar de Convés (MAC) e Marinheiro Auxiliar de Máquinas (MAM).

Os cursos serão ministrados pelo Sistema de Ensino Profissional Marítimo – EPM no ano de 2022, para os participantes do Projeto Habilitar, ação pedagógica cívico social conjunta entre a Capitania Fluvial de Santarém – CFS, Sociedade de Amigos da Marinha – Soamar/Santarém, 5ª Unidade Regional de Educação – 5ª URE e Secretaria Municipal de Educação – Semed.

— LEIA: Em parto de 5 horas, 1º bebê a nascer em Santarém em 2022 é indígena Tupinambá.

De acordo com o coordenador do Projeto Habilitar, voluntário da SOAMAR/Santarém e professor Eládio Delfino C. Neto, o objetivo principal do projeto é orientar e capacitar os estudantes do Ensino Médio Modular – EMM e comunitários atendidos no entorno das escolas São Sebastião e São Miguel Arcanjo, localizadas nas comunidades de Mentae e São Miguel, no rio Arapiuns, para que possam participar com êxito nos cursos ministrados pela Marinha do Brasil no rio Arapiuns, em maio e no segundo semestre deste ano.

A proposição do Projeto Habilitar justifica-se pelo fato da necessidade que os estudantes e comunitários do baixo e alto rio Arapiuns têm em habilitar-se, para poder atuar no principal meio de transporte utilizado por eles, no seu dia a dia: uma embarcação.

Além disso, Marinha do Brasil tem como uma de suas finalidades a concorrência para o aperfeiçoamento cultural da juventude escolar, através de seminários palestras, conferências e atividades correlatas, tendo em vista a permanente divulgação, no seio da mocidade, os seus verdadeiros objetivos.

Capitania: esporte e recreio

Os cursos habilitarão os participantes a prestarem serviço de apoio em embarcações com arqueação bruta menor do que 300 e potência propulsora menor do que 250 kW empregadas na navegação interior e na navegação de apoio portuário, conforme limites estabelecidos nas normas e procedimentos para as capitanias, inclusive, como profissional, em embarcações de esporte e recreio.

Eles serão ofertados em duas etapas. A primeira etapa será realizada no período de 12 a 18 de maio de 2022, na escola municipal São Sebastião, na comunidade de Mentae, no rio Arapiuns. Nesta etapa, serão ofertadas 30 vagas, para os estudantes do Ensino Médio Modular – EMM e moradores das comunidades de Mentae, Cachoeira do Aruã, Monte Sião e São José, localizadas no alto rio Arapiuns.

A segunda etapa será realizada em data ainda a ser definida pela Capitania Fluvial de Santarém, no segundo semestre de 2022, na escola municipal São Miguel Arcanjo, na comunidade de São Miguel, no baixo rio Arapiuns. Nesta etapa, também serão ofertadas 30 vagas, para os estudantes do Ensino Médio Modular – EMM e moradores das comunidades de São Miguel, Vila Brasil, Vila Gorete, Coroca e Atodi.


Publicado por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *