Polícia flagra “gato” de 1 ano em pousada de Alter do Chão; dona é presa

Publicado em por em Segurança Pública

Polícia Civil flagra
Policiais constataram o “gato” em flagrante na pousada em Alter do Chão. Fotos: JC

Uma pousada localizada na estrada Alter do Chão/Pindobal, em Belterra (PA), foi flagrada pela Polícia Civil na prática de desvio de energia elétrica. O “gato”, conforme avaliação da perícia técnicaestatal, estava operando há cerca de 1 ano.

Por crime de furto de energia, a proprietária do empreendimento (Pousada e Chalé Joana) foi presa e levada à 16ª Seccional Urbana de Polícia Civil em Santarém, onde foi atuada pelo delito previsto no artigo 155, do Código Penal.

O flagrante na pousada de Adjane Pimentel Correa da Costa, 44 anos, ocorreu nesta sexta-feira (22). Funcionários da concessionária de energia elétrica no Pará, Equatorial Energia, constataram o “gato”.

Peritos da Polícia Científica, por sua vez, ratificaram o furto. A pena prevista para esse tipo de crime é de prisão de 1 a 4 anos e multa.

A pousada desviava energia há cerca de 1 ano

Nota ao JC

Em nota ao JC, a Equatorial Pará informa que ligações clandestinas de energia elétrica, além de serem crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, podem gerar diversos prejuízos à sociedade como interrupção no fornecimento e oscilações no nível de tensão, além de causar acidentes graves e fatais como curtos-circuitos e morte por eletrocussão.

A empresa acrescentou ainda que tem um plano de combate às perdas energéticas e para isso mobiliza equipes exclusivas para este tipo de ação, que fazem fiscalização em todo o estado.

Além disso, o trabalho também é realizado com base em denúncias da população, que podem ser feitas por meio dos canais de atendimento, como aplicativo, site e central de atendimento por meio do número 0800 091 0196.

  • JC também está no Telegram. Siga-nos e leia notícias, veja vídeos e muito mais.


Publicado por:

9 Comentários em Polícia flagra “gato” de 1 ano em pousada de Alter do Chão; dona é presa

  • A Equatorial monta “equipes de fiscalização em todo Estado” para o combate às ligações clandestinas, mas não monta equipes para melhorar o atendimento aos consumidores.
    O trabalho da Equatorial para ser péssimo ainda precisa melhorar muito. É um verdadeiro caos para o consumidor. Há frequência nas interrupções com maior incidência em cidades menores e em comunidades rurais por todo o Pará. A longa demora para que se faça o registro junto a empresa e demora mais o atendimento das equipes na resolução dos problemas. As equipes que sobram para combater “gatos” e providenciar a prisão de consumidores estão em falta para melhorar um pouco esse péssimo serviço da Equatorial.
    Das oscilações, interrupções e apagões de responsabilidade da equatorial resultam em prejuízos para os consumidores. Poucos ou quase ninguém que tem equipamentos ou aparelhos danificados tem seu prejuízo ressarcido pela Equatorial.

  • QUEM NUNCA FEZ GATO 🐱 MORANDO NA REGIÃO NORTE ONDE 6 MESES POR ANO A TEMPERATURA É DE 40 GRAUS QUE ATIRE A PRIMEIRA PEDRA!

  • Já ia pedir a correção…

    Chega de notícia ruim sobre alter …

    Tá afetando a operação turística.

  • Amigo Jeso, os Peritos são da Polícia Científica, o CPC Renato Chaves foi extinto conforme noticiado em seu próprio blog.

  • É Pindobal, Município de Belterra, não é Alter do Chão, ou seja, não é Santarém.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.