O Ministério do Turismo (MTur) lança hoje (21), no Rio de Janeiro, a publicação Caminhos do Fazer – Guia de Produtos Associados ao Turismo.

O guia, impresso e online, será lançado durante a Feira das Américas – Abav 2010.

O objetivo da publicação é de auxiliar turistas e operadores na organização e comercialização de destinos.

16 municípios brasileiros fazem parte do guia. Santarém está fora.

Da Amazônia, fazem parte as cidades de Belém, Manaus (AM) e Rio Branco (AC).

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

8 Comentários em: Guia do MTur ignora Santarém

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • gil serique disse:

    Tambem é culpa da turma do Ministerio do Turismo cujo conhecimento de Historia e Geografia na Amazonia se limita as capitais….Biodiversidade pra eles so funciona na hora do almoço: Peixe!

  • SEU MANO disse:

    Cadê a REPRESENTAÇÃO SANTARENA DE TURISMO, junto ao ministério??? Nossa, tá uma pouca vergonha os nossos representantes de turismo nessa Cidade. Ô SECRETÁRIO, QUANTAS HBC ( hora/bunda/cadeira) O SR. ESTÁ FAZENDO?? Arreda o pé dessa secretária e mãos à obra, não é à toa que te colocaram aí nessa função, vergonha na cara, vc tem todas as ferramentas para fazer essa SANTARÉM crescer, veja bem, até o THE GUARDIAN, conseguiu ver as belezas de Santarém…tem algo errado nisso tudo. Ou SANTARÉM É SÓ PRA INGLÊS VER???!!!! TÔ INDIGNADO COM TUDO ISSO !!!!! ##**$$$@@

  • anônimo disse:

    so pra mostrar mais ainda o descaso do poder publico com o turismo aquela plataforma ali na orla esta para cair . morador de rua faz fogo ali em baixo ,cuidado quem frequente aquele espaço .

  • Leno disse:

    SE tívéssemos uma SECRETARIA ESTADUAL DE TURISMO, talvez as coisas fossem diferentes… Mas independente de turistas, os administradores do município devem cuidar bem é do povo daqui, oferencendo condições dignas de vida, através de ações que contemplem educação (incluindo educação em saúde, ambiental, no trânsito, …), infra-estrutura, saneamento básico, manuseio adequado do lixo, saúde, uso dos meios de comunicação para passar informes, e não simplesmente propaganda, dentre outras medidas necessárias. Investir no povo local de maneira correta trará qualidade de vida ao mesmo, tendo como consequência a vinda de turistas a Santarém, cuja beleza natural fala por si só. Espero que a mudança de atitudes de todos colabore para a mudança desta nossa realidade, que em alguns aspectos se torna triste.

  • anônimo disse:

    cade o sec. de turismo? A ele é professor de matematica. ops!!

  • carmem disse:

    O problema que não temos um secretário de turismo para represntar Santarém, por causa de politica em beneficios proprios, tiram pessoas capazes que lutam pela nossa terra e colocam pessoas que so querem receber o salario e não estão nem ai com Santarém.

  • PC disse:

    Mas tem que ignorar mesmo, pois Santarém só tem de bom seu povo e suas belezas naturais de localização geográfica impar no Brasil, quiçá no mundo, porém, sua cidade esta completamente abandonada há vários anos, com seus esgotos a céu aberto, suas ruas esburacadas, quando não com asfalto a desejar. O povo sim, este com tudo isto, feliz e sempre tratando bem seus visitantes, seja vizinho ou de outros lugares. Uma triste realidade.

  • will disse:

    Como é de costume, Santarém é deixada de lado. Mas um motivo para lutar-mos pela emancipação.