Publicado em por em Contas Públicas, Mojuí dos Campos

A secretária é também a primeira-dama de Mojuí

Abstinência? Rainha da farra das diárias pode bater marca de 30 dias sem viajar
Adrielly e Marco Antônio: prefeito de Mojuí e esposa. Crise de abstinência? Foto: Facebook/Reprodução

Faltam apenas 15 dias para que a primeira-dama e secretária de Assistência Social de Mojuí dos Campos (PA), Adrielly Lima, bata uma marca inédita neste ano: 30 dias sem ter feito um único voo para qualquer lugar fora do município. A abstinência dela faz bem aos cofres públicos.

— No radar do MPPA: Denúncia de reajuste de 70% no valor das diárias em Mojuí vira alvo de investigação

Cada vez que se invoca e resolve viajar, a esposa do prefeito Marco Antônio Lima (MDB) sangra o município em R$ 800,00/dia, se seu destino for Brasília (DF), ou R$ 600,00, caso voe a Belém (PA) – os dois destinos mais frequentados pela servidora desde que assumiu o cargo em janeiro deste ano.

Não estão incluídos os custos com os bilhetes aéreos, ida e volta.

A mais recente viagem de Adrielly Lima ocorreu no dia 16 de novembro, para capital paraense, onde, segundo justificativa oficial, participaria de “reunião na Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda – SEASTER e Delegacia Geral de Polícia Civil do Pará“.

Desde então, a secretária permanece parada na pista. O tucano Teté, vereador que denunciou a “farra das diárias”, nem acredita.


Publicado por:

Uma comentário para

  • Absurdo! Os professores da zona rural recebem auxílio transporte? Tem comunidade que o professor precisa ir de ônibus no domingo para não atrasar na segunda-feira. Este é o Brasil dos brasileiros, não andam um palmo sem receber alguma coisa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.