Fui preso injustamente. Sou inocente e ainda bem que gravei tudo. Ouça!

Cláusula pétrea deste blog, sem exigência alguma de recorrer à Justiça para obtê-lo, bastando solicitá-lo a qualquer momento e de qualquer lugar, o direito de contraponto foi solicitado por Marcos Silva, de Óbidos, a propósito desta matéria Pré-candidato a prefeito é preso por desacato e violação de domicílio, publicada em março deste ano.

Na íntegra, eis a versão do pré-candidato:

Meu nome é Marcos Silva, tenho 40 anos, sou professor, técnico em Enfermagem, estudante de Gestão Pública, empresário e proprietário do Mercadinho Menor Preço.

No dia 18 de março deste ano fui preso injustamente, acusado de desacato à autoridade, invasão de domicílio e constrangimento a servidor púbico. Eu sou inocente, não fiz o que eles me acusam.

 

Vou relatar, aqui, o que aconteceu naquela quarta-feira quando fui preso de forma injusta. Faço muitos trabalhos sociais, ajudo muitas pessoas. Mas eu não gosto de aparecer, eu sigo o conselho do MAIOR MESTRE de todos os tempos, que dizia: quando deres alguma coisa, não deixa que a tua mão esquerda saiba o que faz a direita.

No dia 18 de março, eu levei uma senhora chamada ” Nilda” lá no Centro de Referência Especializada de Assistência Social (Creas). Essa senhora é mãe de 5 crianças. A filha mais velha da Nilda tem apenas 15 anos e já é mãe de uma bebezinha. Elas não têm casa própria, moram de aluguel e passam muitas necessidades.

Os pais das crianças não ajudam em nada. Eu fui informado pela ex-presidente do Conselho de Direitos da Criança e do Adolescente, chamada “Zilda”, que lá no “Creas” existia toda uma estrutura com advogada, assistente social e psicóloga pra atender casos como o da “Nilda”. A filhinha da filha da Nilda estava com a cabeça cheia de feridas.

Chegando lá no Creas, informamos o que fomos fazer lá e aguardamos pelo atendimento. Enquanto aguardávamos ,a Nilda me pediu que a acompanhasse no atendimento. Quando Nilda foi chamada para o atendimento, não me permitiram que a acompanhasse.

 

Aproximadamente dois minutos após a entrada delas na sala de atendimento, a Nilda me chamou e disse que as pessoas que estavam fazendo o atendimento disseram pra ela que não podiam fazer nada pra resolver o problema dela. EU FIQUEI INDIGNADO, liguei o gravador do meu celular e gravei tudo oque aconteceu.

Em momento algum eu gritei, xinguei ou desacatei alguém. Apenas estava reivindicando o direito delas a um atendimento de qualidade. GRAÇAS A DEUS está tudo gravado o que aconteceu… ouça o áudio.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

7 Comentários em: “Fui preso injustamente. Sou inocente e ainda bem que gravei tudo. Ouça!”

  • Kkkk oq esse sem noção ganha fazendo barraco em todos os lugares q vai ??? Deus livre nosso município de uma pessoa assim para nos representar na câmara municipal…. Aprenda ter postura, a sociedade precisa de pessoas q saibam lhe com situações de maneira sutil e não exaltada …. Vc é um ridículo, principalmente por seu histórico de barracos pela cidade … Se tu prestasse seria visto de forma positiva, Não como um barraqueiro sem noção

  • São essas cabeças associadas outras neuróticas e desequilibradas que falam em renovar Óbidos. Não conseguem unir as sílabas e soletra-las.
    Lamentável a atitude deste cidadão. É um doente, precisa urgente de ajuda.

    • Marilene,você não pode julgar as pessoas sem conhece-las primeiro.

      Eu sou inocente e Vou provar isso.

      Eu não sou doente, eu tenho consciência dos meus atos.

      Meu Nome é Marcos Silva.
      Meu número de telefone é 93 991410797.
      Meu endereço ê: Avenida Prefeito Nelson Souza ñ 929, bairro Santa Terezinha.

      Se você quiser, podemos conversar pessoalmente.

      • Kkkk cara tu é um doente sem noção, em todo lugar q tu vai só sabe fazer barracos … Deus livre nossa cidade de alguém como vc pra nos representar na câmara municipal… Sem noção vc …a sociedade precisa de pessoas que saibam se impor e resolver as situações de maneira passiva, calma e sem atrito … Se vc realmente prestasse, não seria conhecido como um barraqueiro sem noção, e sim de uma maneira positiva …

  • “ÉDIPO”, Sabes por que ele não fará isso? porque ele não é inocente como se apresenta, esse cara perdeu noção das coisas, pensa que pode se dirigir de maneira grosseira e desrespeitosa com qualquer funcionário público, político e etc… Esquece que o direito dele acaba quando começa o dos outros. Tem vídeo dele desafiando o ex presidente da Câmara de Óbidos, indo preso por desrespeitar os vereadores e etc… Não adianta ele querer posar de santinho sem ser, tanto é que o judiciário já o conhece e ele que se cuide, teve que desembolsar 20 salários R$ 20.900,00( Vinte mil e novecentos reais) para ser solto. Será que ele vai continuar desrespeitando as pessoas? O bolso dele é quem sabe.

    • Meu Amigo, eu sou um cidadão que conheço os meus direitos e deveres.

      Eu nunca desacatei ninguém.
      Vou provar minha inocência.

      Eu vou continuar lutando por Óbidos e pelas pessoas que precisam da minha ajuda.

      Meu nome é Marcos Silva.
      Meu número de telefone é 93 991410797
      Meu endereço ê:: Avenida Prefeito Nelson n 929 bairro Santa Terezinha.
      Sou proprietário do Mercadinho Menor Preço

      Se você quiser, podemos conversar pessoalmente.

  • Muito bem! Gostei da postura do acusado injustamente! Agora se eu fosse ele eu processava a guarnição elas funcionárias, e ainda exigiria reparação! Por uma prisão injusta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *