Bolsonaro e Helder têm mais de 70% de aprovação, e Ferrari lidera para prefeito em Oriximiná
Bolsonaro, Ferrari e Helder: popularidade em Oriximiná. Foto montagem: BJ

A gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem avaliação positiva de 73,7% da população em Oriximiná (PA) e Angelo Ferrari (PTB) lidera intenção de votos entre os eleitores do município. É o que aponta pesquisa do Instituto Desttaq realizada na semana passada – de 5 a 9 de setembro, portanto antes da maioria das convenções.

Se a eleição fosse hoje, o deputado estadual petebista ganharia a eleição e seria o prefeito de Oriximiná. Segundo a aferição do instituto, o parlamentar está com 35,2% das intenções de voto.

 

Registrada no TRE (Tribunal Regional Eleitoral), sob o nº PA-03681/2020, o levantamento realizou 400 entrevistas, feitas em todos os bairros da cidade, além da zona rural. A margem de erro é de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos na amostra.

A pesquisa também avaliou a gestão do prefeito Ludugero, do governador Helder Barbalho e do presidente Jair Bolsonaro. Além disso, mostra as perspectivas eleitorais para 2020 e o potencial apoio de cada governante aos seus respectivos pré-candidatos.

Aferição espontânea

Na pergunta espontânea, em que não se apresenta os nomes dos pré-candidatos, Ferrari aparece na frente com 25,3% das intenções de voto. Em
2º lugar, o ex-prefeito, Gonzaga (11,5%).

O policial civil Delegado Fonseca, com 11,2%, aparece em terceiro lugar, seguido de Ludugero, atual prefeito, ficou com 4,2,%. Leôncio tem 1,7% e Zequinha aparece com 1,2%. Argemiro e Mauro estão empatados na última posição com 0,2% da intenção de votos.

Os votos flutuantes, que são a soma dos entrevistados que não souberam responder ou não responderam, com os que declaram que votariam em branco ou anularia o voto, somam 44,5%.

Bolsonaro, pesquisa em oriximina

Estimulada – cenário 1

Quando se estimula, isto é, são apresentados os nomes dos pré-candidatos, o deputado Angelo Ferrari sobe para 37,7,2%. O ex-prefeito Gonzaga vai
para 16,3% e o Delegado Fonseca chega a 15,2% e permanece na 3ª posição.

O atual prefeito, Ludugero, permanece na 4ª posição com 5,9%. Leôncio aumenta e vem com 2,7%, Zequinha 1,4% e Marcos Wanzeller surge com
0,7% das intenções de voto. O atual vice-prefeito, Hércules, aparece com 0,2%. Os votos flutuantes (branco/nulo e indecisos) somam 16,5%.

Estimulada – cenário 2

A Desttaq fez uma simulação sem o nome de Gonzaga. Nesse cenário, Angelo Ferrari alcança quase 40%. O Delegado Fonseca sobe para 18,7%. Ludugero sobe para 3ª posição com 6,1%. Leôncio fica em 4º (4,3%).

Zequinha obteve 2,7%. Hércules sob e pontua 1,2% das intenções de voto. Marcos Wanzeller ficou com 0,5% das intenções de voto. Os votos flutuantes (branco/nulo e indecisos) aumentaram para 26,9%.

Rejeição

Em se tratando de rejeição, Ludugero é o mais rejeitado, com 40,2% de pessoas que não votariam nele para prefeito de Oriximiná. Ferrari aparece em 2º, com 12,4%, seguido do Delegado Fonseca, com 10,2%.

Gonzaga é o quarto entre os mais rejeitados, com 12,1%. Hércules Souza tem 4,1%, Leôncio 3,1% e Marcos Wanzeller 2,2% da rejeição dos eleitores
entrevistados. 4,1% dos eleitores entrevistados não souberam avaliar e 5,6% não rejeitam nenhum pré-candidato.

Avaliação: Bolsonaro, Helder e Ludugero

O governo do prefeito Ludugero (PL) é avaliado negativamente por 66,4% dos eleitores (ruim/péssimo/regular negativo), enquanto que sua avaliação positiva é de 33,2% (excelente/bom/regular positivo). 0,2% dos eleitores entrevistados não soube responder.

O governo de Helder Barbalho (MDB) é avaliado negativamente por 24,8% dos eleitores (ruim/péssimo/regular negativo), enquanto que sua avaliação positiva é de 73,7% (excelente/bom/regular positivo). 1,4% não souberam responder.

Por fim, o governo Jair Bolsonaro (sem partido) é avaliado negativamente por 25,6% dos eleitores (ruim/péssimo/regular negativo), enquanto que sua avaliação positiva é de 73,7% (excelente/bom/regular positivo). 0,7% não soube responder.

bolsonaro, pesquisa em oriximiná

Quem é

O Instituto Desttaq Pesquisas, com sede em Belém (PA), é dirigido pelo economista Ronaldo Carvalho.

LEIA também: Justiça cassa direitos políticos de 2 ex-prefeitos por participação na máfia das ambulâncias

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Bolsonaro e Helder têm mais de 70% de aprovação, e Ferrari lidera para prefeito em Oriximiná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Pedro Afonso Leal de Farias disse:

    Helder 70% de aprovação é a maior piada. Tá quase pra ser preso pelo Covidão. Conta outra. J