Ministério Público pede informações à PF e Funai sobre morte de indígena no Pará

O Ministério Público Federal (MPF) enviou ofícios neste sábado (13) à
Polícia Militar do Pará, à Polícia Federal, à Polícia Civil e à Fundação
Nacional do Índio (Funai) em que são requisitadas informações sobre a
morte do indígena Isac Tembé, em Capitão Poço, no nordeste paraense.

Segundo a imprensa, o indígena, liderança do povo Tembé Theneteraha, foi
morto a tiros na noite de sexta-feira (12), por volta das 22 horas, e o
crime foi confirmado por pessoas e lideranças próximas da vítima, de 24
anos.

 

Ainda segundo a imprensa, indígenas teriam informado que o crime foi
cometido pela PM, e que o corpo foi removido do local sem
perícia alguma e levado para a cidade de Capitão Poço sem o conhecimento
da família da vítima.

O MPF requisitou às polícias e à Funai que informem as circunstâncias da
morte, o andamento dos procedimentos investigatórios instaurados, se
houve a realização de perícia no local em que ocorreu o fato e se foi
realizada a oitiva das pessoas presentes no local dos fatos.

LEIA também: Justiça barra denúncia contra prefeita, e inclui 2 ex-prefeitos em ação de improbidade

O Ministério Público também requisitou cópias dos documentos relativos ao caso e às respostas que serão fornecidas. O prazo para que as respostas sejam apresentadas é de três dias.

Com informações do MPF


📹 Confira no canal do Blog do Jeso no Youtube as CINCO notícias mais acessadas da semana de 06 a 12 de fevereiro de 2021. Além de dezenas e dezenas de vídeos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *