Pará alcança o 2º lugar em saldo positivo da balança comercial do Brasil

A soja é um dos produtos de exportação do Pará

As exportações do Pará tiveram, em 2017, um aumento de 37,80% em relação ao ano anterior. Foram exportados US$ 14,4 bilhões, contra US$ 10,5 bilhões em 2016.

Já as importações diminuíram 12,41%, passando de US$ 1,1 bilhão nesse mesmo ano, para US$ 965,9 no ano passado. Com isso, o superávit em 2017 foi de US$ 13,5 bilhões. Os dados são do Ministério do Comércio Exterior.

Este desempenho coloca o Pará como o segundo maior saldo positivo da balança comercial em todo o Brasil, em 2017, atrás apenas de Minas Gerais (saldo de U$ 18 bilhões), à frente de Mato Grosso, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

No ano passado, o Pará contribuiu com 6,65% do total das exportações brasileiras.

Para o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Adnan Demachki, um dado relevante é o incremento de exportações de produtos do agronegócio, como soja e outros alimentos: 20,9% a mais que em 2016.

“Este aumento se deve diretamente às políticas de Estado no âmbito do programa Pará 2030, que estabelece metas e ações para o desenvolvimento sustentável da economia paraense em médio prazo”, afirma o secretário.

“Algumas cadeias incentivadas pelo programa, como a da soja, já respondem positivamente às políticas implementadas’’, acrescentou.

O agronegócio contribuiu, em 2017, com 11,7% do total de exportações, lideradas pelo setor mineral. No total, foram exportadas no ano passado quase um milhão de toneladas de soja, um incremento de 20% em relação ao ano anterior.

“Estes dados também sinalizam ao Estado novas ações”, diz Adnan Demachki.

“Não queremos somente exportar soja. Nosso planejamento é produzir proteína animal. Transformar soja em óleo e farelo, e este em ração. Por fim, a ração será usada para produzir frangos e suínos. Já temos o compromisso de duas empresas para o início da verticalização da cadeia da soja: a Louis Dreyfus e a Cevital, que em breve serão as primeiras a agregar valor à essa produção no Pará’’, frisou.

Pará alcança o 2º lugar em saldo positivo da balança comercial do Brasil

Os minérios lideram a exportação no Pará

Pará 2017

Exportações
US$ 14.484.463.701,00 (37,80% mais que em 2016)

Importações
US$ 965.934.631 (- 12,41% em relação ao mesmo período)

Superávit
US$ 13.518.529.070,00

Toneladas exportadas
185.419.353

Toneladas importadas
2.790,539

Participação nas exportações / Brasil
6,65% – 7º maior exportador brasileiro

Saldo/Brasil

Principais produtos exportados / Pará

Minério de ferro – US$ 7.781.843.458 – 53.73%
Outros minérios – US$ 1.941.012.619 – 13.40%
Alumina calcinada – US$ 1.361.873.169 – 9.40%

Agronegócio/exportações / 2017
US$ 1.692.700.255
11,7% do total
2.007.977 toneladas
Crescimento 20,9%

Principais produtos exportados
Soja
Carne bovina
Açaí
Óleos vegetais (palma)
Bovinos
Milho
Cacau

Principais destinos / agronegócio
China
Hong Kong
Estados Unidos
Egito
Países Baixos (Holanda)

Com informações da Agência Pará

Leia também:
Plantio de soja em área desmatada na Amazônia aumenta 4 vezes desde 2012

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *