Terra Santa: candidatos a prefeito oferecem vaga de vice para adversários, mas oferta não atrai

Publicado em por em Pará, Terra Santa

Terra Santa: candidatos a prefeito oferecem vaga de vice para adversários, mas oferta não atrai
Siqueira Fonseca, Jaciara Picanço e Adalberto Anequino: postulantes à sucessão de Doca na Prefeitura de Terra Santa. Foto montagem: JC

A oferta da vaga de vice-prefeito feita pelo Republicanos ao MDB, e vice-versa, numa aliança estratégica entre eles para as eleições majoritárias deste ano em Terra Santa (PA) ainda não atraiu os cabeças de chapa dos dois partidos.

Tanto Adalberto Anequino (MDB) como Siqueira Fonseca (Republicanos), a pouco mais de 120 dias do pleito eleitoral, compartilham a crença que podem derrotar Jaciara Picanço (PSD), a candidata do grupo político que comanda o município há quase 16 anos.

A oferta de vice não seduz Anequino e muito menos Siqueira – pelo menos até agora.

Ambos, munidos de pesquisas para consumo interno, se dizem bem posicionado na disputa, com chances percentuais, inclusive, de bater nas urnas a esposa do ex-prefeito Marcílio Picanço, impulsionada pela máquina municipal dirigida desde de 2017 pelo prefeito reeleito Doca Albuquerque (PSD).

A oposição dividida em Terra Santa, cidade com pouco mais de 15 mil eleitores, produz efeito propulsor na candidatura do grupo governista. Fazendo-o enxergar a disputa com 3 candidatos como a tempestade perfeita para levá-lo a quinta vitória consecutiva nas urnas.

Em 2020, em uma eleição do tipo Re-Pa, ou governo-oposição, Doca venceu Anequino com 54,8% dos votos.

No páreo deste ano, em que se vislumbra um cenário de oposição pulverizada em dois nomes, é pouco provável que os dois primeiros lugares sejam ocupados pelas candidaturas de Anequino e Siqueira, não necessariamente nesta ordem, e o terceiro por Jaciara.

➽➽ Por Jeso Carneiro, repórter e editor-chefe do JC.

— O JC também está no Telegram. E temos ainda canal do WhatsAPP. Siga-nos e leia notícias, veja vídeos e muito mais.


Publicado por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *