Artista plástica santarena residente em Porto Velho morre de leucemia , Maria Mirtes Rufino de Oliveira

Mirtes Oliveira residia há anos em Porto Velho

Maria Mirtes Rufino de Oliveira, natural de Santarém, oeste do Pará, faleceu na manhã do último dia 6, vítima de uma leucemia recém descoberta.

Ela atuava como artista plástica e humanitária em Porto Velho (RO), onde residia há muitos anos.

A prefeitura da capital rondoniense manifestou grande pesar pela morte da artista. Seu corpo foi velado no Mercado Cultural de Porto Velho e deverá ser trasladado para Santarém, onde será sepultado.

Era grande personalidade cultural da Amazônia e admirada no Brasil e exterior. Sua arte se baseava em artefatos criados com matéria prima da região, como madeira, pó de serragem, coco, babaçu, látex e outros produtos da natureza.

A artista criava peças que representavam o universo amazônico, como povos e bichos da floresta. Suas belas e singulares esculturas perpassaram as fronteiras regionais e se espalharam pelo mundo.

As associações santarenas ligadas ao artesanato e demais artes plásticas, a Academia de Letras e Artes de Santarém – ALAS e a Secretaria Municipal de Cultura/Prefeitura de Santarém lamentam a partida precoce da artista.

Com informações da PMS/Cultura

Leia também:
Escola de Santarém está na final do Prêmio Nacional de Educação Fiscal

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Artista plástica santarena residente em Porto Velho morre de leucemia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *