Publicado em por em povos indígenas, Segurança Pública

Aparecido Naves Junior, de 35 anos, teria sido o mentor intelectual do ataque

PF prende milionário suspeito de mandar incendiar helicóptero do Ibama em Manaus
O milionário preso pela PF é acusado de ordenar fogo nesse helicóptero do Ibama. Foto: Reprodução

Milionário suspeito de mandar incendiar helicópteros do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) foi preso, nesta quarta-feira, em sua mansão em Goiânia (GO), por agentes da PF (Polícia Federal).

— LEIA: Homem com mala recheada de drogas é preso pela PRF em Santarém; vídeo.

Segundo o Globo, Aparecido Naves Junior, de 35 anos, teria sido o mentor intelectual do ataque, que destruiu uma aeronave do órgão de fiscalização e deixou outra avariada. O crime ocorreu no dia 24 de janeiro, em Manaus (AM). Com isso, sobe para 6 o número de pessoas envolvidas no episódio já detidas.

Três outros suspeitos reconheceram o homem como autor intelectual do crime. O empresário preso é apontado por envolvimento com atividades de garimpo ilegal em Roraima.

A investigação indica que o incêndio dos helicópteros teria sido justamente para frear ações de fiscalização e repressão ao garimpo ilegal em Roraima ocorridas ao longo de 2021. As aeronaves foram usadas nessa atividade.

A prisão do suspeito ocorreu no âmbito da Operação Acauã. Na semana passada, a PF já havia prendido o motorista suspeito de ter levado e retirado os executores da cena do crime; dois suspeitos de incendiar as aeronaves; e dois suspeitos de fazer a ponte com o executores e realizar o pagamento deles.

Com informações de O Globo


Publicado por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.