Chamada pública apoiará projetos comunitários nas flonas do Tapajós, Trairão e Itaituba

Publicado em por em Amazônia, Negócios

Chamada pública apoiará projetos comunitários nas flonas do Tapajós, Trairão e Itaituba
Projetos de produtos florestais não madeireiros poderão receber apoio. Fotos: CI

Organizações agroextrativistas e de populações tradicionais das florestas nacionais do Tapajós, Trairão, Itaituba I e entorno, que trabalham com produtos florestais não madeireiros como castanhas, andiroba, açaí, babaçu, sementes, palhas, cipós e agricultura, poderão receber apoio do projeto Tapajós Sustentável e Resiliente, executado pela ONG Conservação Internacional (CI) para aprimorar e expandir suas atividades na região.

A chamada para projetos recebe recursos do Fundo Amazônia/BNDES e apoiará organizações de base comunitária que busquem o fortalecimento das cadeias de valor de produtos florestais não madeireiros da sociobiodiversidade e que tenham como base o uso sustentável, a floresta em pé, as vocações econômicas locais e a conservação da biodiversidade.

A duração do projeto pode ser de até dez meses.

“É uma oportunidade dessas organizações elaborarem suas propostas, submetê-las para avaliação e as propostas classificadas poderão acessar recursos que variam de R$ 100 a 700 mil. Portanto, essas organizações devem ficar atentas ao lançamento da chamada pública e elaborar suas propostas” – esclareceu o diretor executivo do Iniama, Cássio Pereira.

Projetos de produtos florestais não madeireiros como castanhas, andiroba, açaí, babaçu, sementes, palhas, cipós e agricultura podem receber apoio.

A Conservação Internacional/Brasil promoveu oficinas para orientar os interessados em como elaborar suas propostas. A primeira foi realizada em 19 de março na comunidade de Jamaraquá (Belterra), na Flona Nacional do Tapajós.

A segunda oficina ocorreu no período de 1º a 4 de abril na comunidade de São Mateus no entorno da Flona Trairão, e a última rodada foi realizada nas comunidades Pedreira e Tauari da Flona do Tapajós, entre os dias 09 a 13 de abril.

“Foram encontros importantes e produtivos para esclarecer dúvidas dos extrativistas nas regiões”, explicou a engenheira florestal da CI Brasil, Andreia Araújo.

O edital beneficiará projetos voltados às cadeias de valor de base comunitária

Desde 2018, a CI-Brasil coordena o Projeto Tapajós Sustentável e Resiliente que é financiado pelo Fundo Amazônia/Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES, cujo objetivo é contribuir para o fortalecimento de cadeias produtivas florestais sustentáveis nas três unidades de conservação.

O edital será lançado no dia 18/05 https://www.conservation.org/brasil/iniciativas-atuais/tapajos-sustentavel-e-resiliente e estará disponível para submissões até 18/06. Dúvidas podem ser esclarecidas através do número (93) 99128-3436.

Serviço:

  • O que: Lançamento do Edital de Chamada Pública de Apoio a Projetos Não Madeireiros.
  • Quando: 18 de maio de 2022.
  • Onde: Salão do Hotel London – Santarém/Pará a partir das 09h00.

Com informações da ONG CI

  • JC também está no Telegram. Siga-nos e leia notícias, veja vídeos e muito mais.


Publicado por:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.