Projeto fotográfico sobre a várzea encerra com exposição em Saracura e Curralinho
Vida de várzea em Curralinho. Fotos: Tamara Saré

A fotógrafa Tamara Saré, que reside em Santarém (PA), deu o arremate final no projeto Vida de Várzea – Poética da Alternância, ao fazer o retorno às comunidades de Saracura (Santarém) e Curralinho ( Monte Alegre), onde exposições e projeção do audiovisual aconteceram ao longo do mês de novembro. 

 

A pesquisa da artista especula esteticamente 2 períodos temporais, de cheia e seca (inverno e verão amazônicos), diante das possibilidades visuais no relacionamento cotidiano das populações ribeirinhas expostas secularmente aos desafios da natureza na região.

O projeto, que iniciou em 2014,  foi selecionado no Prêmio Preamar de Arte e Cultura, da Secretaria de Estado de Cultura (Secult).

Pintura das unhas por uma mulher ribeirinha

Conheça mais sobre o projeto, no vídeo abaixo.

 LEIA também: Última foto pública e vivo de Maradona provoca polêmica entre médico e familiares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *