Vice da Câmara de Belterra é denunciado ao Ministério Público por desmatamento
Imóvel que abriga da Câmara de Vereadores em Belterra: Sérgio Campos é o primeiro secretário (vice). Foto: Reprodução

Sérgio Campos (DEM), o Serjão, vice da Câmara de Vereadores de Belterra (PA), foi denunciado ao MPPA (Ministério Público do Pará) por suposto desmatamento ilegal da floresta. Ele e também o Grupo Menoli, que tem terras no município com lavouras mecanizadas de soja, milho e arroz.

Reeleito na disputa eleitoral de 2020, Sérgio Campos é o 1º secretário da Câmara de Vereadores – o segundo na linha sucessória da Casa. O primeiro é Jonas Palheta (DEM), eleito para o cargo em votação esmagadora (10 a 1) na semana passada (dia 27), em virtude da morte de Malu (DEM), por covid-19.

 

A denúncia foi distribuída à Promotoria de Meio Ambiente, Patrimônio Cultural, Habitação e Urbanismo de Santarém. No início da semana, a promotora Lilian Regina Furtado Braga determinou que a Semas (Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade), Semma (Secretaria Municipal de Meio Ambiente) e Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) “averiguem” a denúncia e informe em seguida ao MP as “medidas adotadas”.

Deu prazo de 10 dias.

Também pediu ao Centro de Apoio Operacional do Meio Ambiente (Caoma), vinculado ao Ministério Público do Pará, apoio para identificar através de imagens de satélite o suposto desmatamento denunciado.

O foco principal do crime ambiental estaria ocorrendo dentro da Fazenda Nossa Senhora Aparecida, de propriedade de Benedito Miguel Menoli.

Procurado pelo BJ, Sérgio Campos disse que ainda não foi notificado pelo MPPA para se manifestar. Mas adiantou que “não tem um palmo de terras em Belterra”, por isso acha que se trata de denúncia vazia e infundada. Ressaltou ainda que a Fazenda Nossa Senhora Aparecida, cujo dono é seu conhecido, é considerada modelo em toda a região de cultivo consorciado com espécies florestais.

Atualização: Matéria atualizada às 8h05 do dia 12/07/2021, para inclusão do contraponto do vereador Sérgio Campos. O BJ aguarda ainda a manifestação do Grupo Menoli.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *