Operação da PF combate extração e comercialização ilegais de ouro em Itaituba e Santarém
Agentes da PF em ação. Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal deflagrou hoje (9) a operação “Ouro Frio”, para investigar extração ilegal de ouro, desde a retirada dele em garimpos clandestinos até o processo de “esquentamento” do minério – aparência de legalidade ao produto extraído de forma irregular –, no Pará.

A PF mobilizou mais de 30 policias federais para dar cumprimento a 8 mandados de busca e apreensão e sequestro de bens, nos municípios de Santarém e Itaituba.

A ação de hoje é desdobramento da operação Verde Brasil 2.

 

A Verde Brasil é um conjunto de atividades estruturadas focadas na proteção e preservação da Amazônia e demais biomas e conta com apoio das Forças Armadas (Exército, Marinha e Força Aérea do Brasil).

O Comando Conjunto Norte (CCN), constituído pelo Comando Militar do Norte (CMN), pelo Comando do 4º Distrito Naval e pela ALA 9, deu apoio logístico no transporte dos policiais que se deslocaram para os municípios de Santarém e Itaituba.

Com a deflagração da operação, estima-se o bloqueio de 14 milhões de reais (valor calculado de bens usurpados da União), além de significativo avanço no combate ao que se aponta como esquentamento de ouro.

Com informações da PF

LEIA também: Servidora serial é condenada à prisão por fraudar benefícios do INSS no Pará

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Operação da PF combate extração e comercialização ilegais de ouro em Itaituba e Santarém

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Manuel disse:

    A propósito desta matéria, e cadê, onde está, alguém viu, os quinze quilos de ouro que foram roubados no porto do DER? Será que os larápios estão esperando cair no esquecimento para fazer a divisão?

  • Manuel disse:

    A propósito desta matéria, e cadê, onde está, alguém viu, os quinze quilos de ouro que foram roubados no porto do DER? Será que os larápios estão esperando cair no esquecimento para fazer a divisão?