Juiz nega que tenha dado ordem para cancelar lives de tribos folclóricas em Juruti
Vilmar Júnior: juiz eleitoral em Juruti. Foto: Reprodução/Vídeo TV Tapajós

Vilmar Durval Macedo Júnior, juiz eleitoral em Juruti (PA), negou que tenha dado ordem para cancelamento de lives (transmissão ao vivo pela internet) que seriam feitas pelas tribos folclóricas Muirapinima e Munduruku.

O desmentido foi enviado ao Blog do Jeso na noite desta sexta-feira (21).

 

“A Justiça Eleitoral, por meio da 105ª Zona Eleitoral do Pará, vem informar a todos e a quem possa interessar que não tramita qualquer processo em relação a live de apresentação das associações folclóricas Tribo Muirapinima e Tribo Munduruku nesta justiça especializada, e que, portanto, o juízo eleitoral não determinou o cancelamento da live de apresentação das referidas associações”, relatou o magistrado no comunicado.

“Ainda informa que a Justiça Eleitoral está atenta e atuante quanto a propagação de fake news neste período eleitoral”.

LEIA também: MDB diz que em 2021 irá escalar o nº 1 da Câmara de Juruti para varrer as ruas; ouça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *