Celpa propõe à Anaeel reajuste de 5,91% na conta de energia a partir de agosto
A energia elétrica no Pará é distribuída pela Celpa

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (21), em reunião colegiada, a realização de audiência pública para discutir a Revisão Tarifária Periódica da Celpa, concessionária de energia elétrica do Pará.

A empresa, privada, atende 2,6 milhões de unidades consumidoras localizadas em 144 municípios do estado.

Confira os índices de reajustes propostos pela Celpa à Aneel:

revisão tarifária da Celpa

A revisão tarifária, segundo a Anaeel, está prevista nos contratos de concessão e tem por objetivo obter o equilíbrio das tarifas com base na remuneração dos investimentos das empresas voltados para a prestação dos serviços de distribuição e a cobertura de despesas efetivamente reconhecidas pela Aneel.

A audiência também discutirá a qualidade do serviço e os limites dos indicadores de continuidade DEC (que mede a duração média de interrupções) e FEC (que mede a frequência média de interrupções) dos conjuntos da Celpa estipulados para o período de 2020 a 2023.

 

“É importante frisar que os índices em audiência são preliminares.  Os valores definitivos serão aprovados no início de agosto para entrarem em vigor a partir de 7/8, após a análise das contribuições da presente audiência”, ressalta a Anaeel.

Haverá sessão presencial para discutir o tema em Belém no dia 14 de junho, em local e horário a serem disponibilizados posteriormente.

Leia também:
MPF pede que Celpa seja proibida de obrigar novos clientes a pagar dívidas de ex-clientes

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Celpa propõe à Aneel reajuste de 5,91% na conta de energia a partir de agosto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • J. Pau nos Políticos e na Justiça injusta disse:

    Só essas empresas tem reajustes garantidos os salários não, a população não pode aceitar mais esse tipo de tapa na cara. Esse preço da energia, gás, gasolina, diesel, etc., já estão caros demais, passaram do limite.😓

  • alano sousa disse:

    fazer a reforma da resolusão 414 de 2014 e cumpri o tac ela não fala sem contar que o dec e fec e furado pois a celpa mascara não condis com a realidade atendimento todo fora do prazo boasts fiscalizar.