Na residência e fazenda do prefeito Edilson Cardoso foram feitas busca e apreensão de provas de desvio de recursos

Porto de MozAgentes do MP e CGU em Porto de Moz, cujo prefeito é Edilson Cardoso

O MP (Ministério Público) do Pará e CGU (Controlaria Geral da União) deflagraram na manhã desta quinta-feira (24) operação no município de Porto de Moz, para combater irregularidades na gestão da prefeitura.

Já são seis meses sem pagar o funcionalismo público e há suspeitas de desvio dos recursos da Saúde e Educação.

Leia também
TJ do Pará dá inicio à ação penal contra prefeito de Porto de Moz.
Arcon autoriza empresa a operar na linha Santarém-Porto de Moz.

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão na sede da prefeitura, na fazenda e residência do prefeito, Edilson Cardoso, nos prédios das secretarias de Educação e Saúde e residência de secretários e sedes de empresas no município de Porto de Moz, sendo que uma das empresas alvo fica está localizada em Ananindeua.

Como o processo corre em sigilo o nome dos envolvidos não foram divulgados.

Fazenda do prefeito

Um servidor da prefeitura foi preso após ter sido encontrada uma arma em sua residência.

Na fazenda do prefeito também foram encontradas outras armas.

“Encontramos a prefeitura abandonada, falida, não havia nenhuma pasta de processo licitatório, o que aumenta a suspeita de desvio de recursos públicos. A investigação é oriunda de um procedimento instaurado pela Procuradoria de Justiça de Porto de Moz, que teve o nosso apoio”, disse o procurador de justiça Nelson Medrado.

Com informações do MP do Pará

  • 1
    Share

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Prefeitura de Porto de Moz é alvo de operação policial do MP e CGU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *