Agência Pará

Começa na quinta-feira (19) a programação da Festa do Sairé, na Vila de Alter do Chão, em Santarém, oeste paraense. A Prodepa (Empresa de Processamento de Dados do Estado do Pará) oferecerá acesso fácil e rápido à internet aos turistas e visitantes que passarem por lá durante os cinco dias de festa.

Os pontos de acesso livre estarão localizados na Praça do Sairódromo – onde acontece a disputa entre os botos -, e na orla da praia da Ilha do Amor, que possibilita o acesso à rede num raio de até 150 metros.

Leia também:
Tambaqui chega a R$ 70 em Alter do Chão.
Sairé deve reunir 100 mil, estima a Paratur.

A novidade deste ano é que os jornalistas que fazem a cobertura do evento terão todo o suporte. A Prodepa vai instalar um link exclusivo para a sala de imprensa, garantindo a transmissão de conteúdo jornalístico on line durantes os cinco dias da festa.

“Além do hotzone permanente, que fica na orla da praia em Alter-do-Chão, disponibilizamos um ponto no Sairódromo, como no ano passado, e ainda acrescentamos um link exclusivo para a sala de imprensa para atender aos jornalistas”, informa Leila Daher, diretora de Projetos Especiais da Prodepa.

No sábado (14) foi dado o pontapé inicial da festa, com a tradicional busca dos mastros, que consiste na retirada de dois troncos de madeira da mata, ritual em que os mastros são deixados na praia do Cajueiro, em Alter do Chão.

Na quinta-feira (19), os mastros serão conduzidos pela juíza e pelo juiz, levados da praia do Cajueiro em procissão até a praça do Sairé. Lá, eles serão ornamentados com frutas, folhagens e bebidas. O hasteamento é marcado por uma competição entre homens e mulheres durante a abertura do evento.

Procissões, apresentação de grupos de carimbó, coreografia indígena e dramatizações de lendas amazônicas, como a história do boto que seduz a índia, são algumas das atrações do festival, que conta também com a tradicional rivalidade entre os botos Tucuxi e cor de Rosa – disputa onde cada agremiação se apresenta com carros alegóricos, danças regionais e coreografias.

O Sairé, mais importante evento da região, acontece de 19 a 23 de setembro e deve reunir um público superior a 100 mil pessoas, entre população local, turistas e jornalistas do Brasil e exterior.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

3 Comentários em: Prodepa vai disponibilizar internet grátis no Sairé

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Manuel disse:

    Engraçado esse governo do Jateve vergonha, então no $$$$airé vai ter Internet grátis? Logo a solução para a Internet em Santarém é fazer o $airé no parque da cidade todos os dias o ano todo.

  • Tiberio Alloggio disse:

    O problema não é se a internet for de graça ou não…..nos dias do $$AIRÉ

    O problema é ter o acesso garantido, um direito civil que todo brasileiro merece, e que a PRODEPA do PARAZINHO não consegue (ou não quer) nós proporcionar……

    O NAVEGA PARÀ, DESDE JATENE, ANDA PARADO

    Como todos os demais Serviços Estaduais – Públicos ou Privatizados (ÁGUA, ENERGIA,etc.)

    o acesso a Internet é uma BOSTA.

    Tiberio Alloggio

  • Francisco "Chicão" Lopes disse:

    Isso é como colocar pirulito na boca de criaça com fome e adiar a necessidade de alimentá-lo de verdade. É dar AASS pra quem está precisando de quimioterapia. O que o governo do estado via Prodepa já devia ter feito, era tomar providências junto a Anatel e Ministério das comunicações, afim de resolver a letargia que se estabeleceu em Santarém, no que diz respeito à esse importante serviço de utilidade pública, mas que poucos tem acesso, e diga-se um serviço de baixa qualidade.