Deputado e 2 vereadores em Santarém caíram no radar do MP por crime eleitoral
Prédio da Câmara de Vereadores de Santarém (PA). Foto: Arquivo BJ/Jeso Carneiro

1 deputado e 2 vereadores de Santarém (PA) caíram no radar do Ministério Público Eleitoral (MPE) por suposto crime eleitoral – propaganda irregular extemporânea.

Dr. Galileu, deputado estadual, além de Carlos Silva e Murilo Tolentino, vereadores – todos do PSC – teriam comandado uma “ação de saúde”, com consultas oftalmológicas gratuitas no início do mês (dia 6) no Ginásio Sargento Kennedy, do 3º Batalhão da Polícia Militar.

CONFIRA: Ministério Público abre processo contra promotora que postou mensagens nazistas.

A ação também teria sido realizada em Mojuí dos Campos.

O caso está sendo apurado pelo promotor Túlio Chaves Novaes. Os parlamentares negam a acusação de propaganda irregular.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *