Mulheres negras do Baixo Amazonas lançam manifesto contra discriminação racial
Mulheres quilombolas do Baixo Amazonas. Foto: Reprodução/Comissão Pró-Índio

Neste 21 de março, Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial, mulheres negras dos municípios do Baixo Amazonas lançaram manifesto se posicionando sobre a data.

“Nós, mulheres negras dos municípios de Almeirim, Prainha, Monte alegre, Alenquer, Curuá, Santarém, Óbidos, Oriximiná, Terra Santa, Juruti e Faro, ao fazer memória de 21 de março, dizemos que queremos nosso país, nosso Estado do Pará, nossa Região do Baixo Amazonas sem racismo, lembrando que VIDAS NEGRAS IMPORTAM”, destacaram no documento divulgado neste domingo.

 

“Como mulheres negras que vivem no Baixo Amazonas, que são trabalhadoras, mães, esposas, educadoras, militantes em favor da vida na cidade, no campo, nas florestas e nas águas, renovando a vidas nos nossos quilombos familiares, nós temos a impressão que estas violências continuam a se reproduzir dia-a-dia”, enfatizam, referindo-se ao episódio que serve com marco para data, o Massacre de Sharperville, na África do Sul.

— LEIA também: Deputados aprovam decreto de calamidade pública em Belém e Óbidos devido à covid

Leia a íntegra do manifesto.

Manifesto de Mulheres Negras do Baixo Amazonas by Blog do Jeso on Scribd

📹 Assine o canal do Blog do Jeso no Youtube, e assista a dezenas e dezenas de vídeos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *