Banco Central apresenta nota de R$ 200 e a coloca em circulação nesta 4ª

O Banco Central apresentou e colocou em circulação a nova cédula de R$ 200 nesta quarta-feira. A tiragem da cédula, segundo O Globo, é de 450 milhões de unidades, equivalentes a R$ 90 bilhões, que deverão chegar nas mãos da população aos poucos.

A nota nas cores cinza e sépia tem o lobo-guará na estampa. Ele ficou em terceiro lugar em uma pesquisa que a autarquia fez em 2001 e assim acabou estampando a nota de R$ 200.

Isso porque em primeiro lugar ficou a Tartaruga Marinha, que desde aquele ano ilustra a nota de R$ 2, e em segundo, o Mico-leão-dourado, que a partir de 2002 passou a estampar a de R$ 20.

 

De acordo com o Banco Central, a nova cédula é necessária para suprir a demanda da população por papel moeda, que subiu bastante durante a pandemia. No início do ano, a projeção era de que R$ 301 bilhões circulassem na economia. No entanto, os efeitos da pandemia em conjunto com as medidas do governo fizeram com que esse número pulasse para R$ 342 bilhões.

Com isso, o Banco Central analisou que poderia ter dificuldade de atender à demanda por dinheiro vivo e viu na cédula de R$ 200 uma saída. O dinheiro ainda é a forma mais frequente de pagamento pela população.

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, participou da cerimônia da lançamento e ressaltou que além desses dois fatores, o ritmo de retorno dessas cédulas para a rede bancária diminuiu, por conta da queda nas transações presenciais durante a pandemia.

A nota de R200 entra em circulação nesta quarta Foto: Raphael Ribeiro/BCB

“O Banco Central tem atuado durante todos esses meses, e tem conseguido fornecer cédulas e moedas de modo a atender às necessidades da sociedade de forma adequada. Ainda assim, como estamos vivendo um momento sem precedentes na história, não há como prever se essa demanda por dinheiro em espécie continuará aumentando, e por quanto tempo”.

Com informações de O Globo

LEIA também: PF deflagra operação contra facções ligadas ao tráfico; Belém e Itaituba são alvos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *