A governadora do Pará, Ana Júlia Carepa (foto), será homenageada com a medalha “Mérito do Saneamento”, nesta sexta-feira (10), durante a festa que marca os 40 anos de criação da Cosanpa (Companhia de Saneamento do Pará).

Serão homenageados também 13 funcionários que trabalham na Cosanpa desde a sua fundação. Eles receberão uma placa em agradecimento aos serviços prestados para o desenvolvimento do órgão ao longo de sua história.

Ana Júlia receberá a medalha “Mérito do Saneamento” em reconhecimento às ações de seu governo em benefício do saneamento, tais como a conclusão da 2ª fase do Complexo Bolonha, a ampliação da captação de água do Rio Guamá e a substituição da adutora Utinga-São Brás, obras tão importantes para a capital paraense.

Só na Região Metropolitana, foram investidos R$ 327 milhões. Fora de Belém, destaque para os investimentos feitos pela gestão de Ana Júlia em Marabá (R$ 214 milhões), Castanhal (R$ 52,1 milhões), Ananindeua (R$ 47,5 milhões), Santarém (R$ 37 milhões), Itaituba (R$ 24,9 milhões), Marituba (R$ 18 milhões), Oriximiná (R$ 16 milhões), Altamira (R$ 13,4 milhões) e Dom Eliseu (R$ 12,9 milhões).

O evento acontecerá às 19h30, no Pará Clube, e contará com a presença de funcionários e autoridades que marcaram a história da Cosanpa.

Fonte: Agência Pará

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

9 Comentários em: Cosanpa entrega medalha à governadora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • MOCORONGO disse:

    É mais que merecida a medalha em homenagem à Governadora, por diversos motivos:
    1. Em que outro governo os funcionários da COSANPA folgaram tanto. Havia funcionária, de família conhecida em Santarém, que há mais de ano não dava as caras na sede situada na Rui Barbosa, mas recebia seu salário religiosamente, situação que só foi modificada pela atual administração local. Dizem que até pra ir ao centro comercial ela pegava rotas diferentes para não ter o desprazer de passar em frente ao escritório;
    2. Havia engenheiros e funcionários que não trabalhavam de dia e exigiam folga a noite, ficando indignados quando informados que teriam que dar plantão no Saire;
    3. Nunca gastaram tanto com manutenção de poços e bombas, o interessante é que as que mais receberam “investimento”, continuam não funcionando.
    Ante o exposto, ela merece mais que uma medalha, merecece participação nos lucros!!!

  • Ana Quemel disse:

    Como moradora de santarém, to procurando deseperando esse investimento td em saneamento que a cosanpa apregoa com direito até a medalha! água, continua a faltar na cohab, na conquista, amparo, santíssimo e por ai segue… coleta e tratamento de esgoto, q o diga tds os a ceu aberto ou ao pobre Tapajós que muito recebe diretamente e diariamente!
    enfim, to procurando!!!!

  • Tiririca disse:

    iih abestados….

  • Gregório de Matos disse:

    Só pode ser piada de mal gosto!

  • Anônimo disse:

    Isso é uma vergonha! Para o Pará! Sinceramente tinha vergonha de receber essa homenagem!

  • Jorge Hamad disse:

    Minha pequena contribuição na discução sobre esse essencial serviço a ser prestado à população, que é o saneamento e, que deve ser priorizado pelo poder público.
    Saneamento básico é um conjunto de procedimentos adotados numa determinada região que visa proporcionar uma situação higiênica saudável para os habitantes, não é apenas fornecimento de água, é a atividade relacionada com o abastecimento de água potável, a condução de água pluvial, a coleta e tratamento de esgoto, a limpeza urbana, o manejo do resíduos sólidos(reciclagem) e o controle de pragas e qualquer tipo de agente patogênico, visando a saúde das comunidades. A falta de saneamento em uma cidade como Santarém, ou o serviço prestado em condições precárias aliado a fatores sócio-econômico-cultural são determinantes para o surgimento de infecções por enteroparasitoses, sendo as crianças o grupo que apresenta maior susceptibilidade às infecções.
    Não é caro realizar saneamento básico. Caro é tratar da saúde da população que adoece e sofre por falta deste.

    Engenheiro Jorge Hamad

  • Filipe disse:

    Medalha do demérito em saneamento.
    A cosanpa é uma vergonha

  • Armando S S Jr disse:

    Pena esse dinheiro todo tenha escoado pelo ralo não em forma de agua …..

  • Jubal disse:

    Esse pessoal da COSANPA devem ser caolhos ou nos achar como tais.
    Onde tem esse investimento em Itaituba? Quase 25 milhões? A empresa tem dois servidores aqui e nenhuma prestadora de serviço se aventurou por estas bandas há longo tempo.
    Investimento? Só se for no bolso dos dirigentes…