Ex-ministro de Lula e Dilma pode delatar mais de 20 empresas por uso de caixa 2, Antonio Palocci

O ex-ministro Antonio Palocci pode citar mais de 20 empresas no acordo de delação premiada que faz com o Ministério Público Federal. A informação é da jornalista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

Ele mesmo revelou o número a interlocutores com quem conversou recentemente em Curitiba.

Palocci calcula que essa foi a quantidade de companhias com quem negociou contribuição em caixa dois para o PT.

Leia também
TJ do Pará tranca ação penal movida por dono de jornal contra jornalista

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Ex-ministro de Lula e Dilma pode delatar mais de 20 empresas por uso de caixa 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • PAULINHO disse:

    JESO, UMA DAS EMPRESAS ENROLADAS PODE SER A MULTINACIONAL ALCOA DO PAE JURUTI VELHO. CASO SEJA VÃO PEGAR MUITA GENTE NO INCRA DE SANTARÉM. A VAI SER UMA LIMPA OU MELHOR UMA MADEIRA LIMPA DE VERDADE…