Justiça ordena imediata reintegração de Artur Brito ao cargo de prefeito de Tucuruí

Publicado em por em Política

Justiça ordena imediata reintegração de Artur Brito ao cargo de prefeito de Tucuruí, arthur brito
Artur Brito, fora do cargo desde dezembro do ano passado

A desembargadora Ezilda Mutran, do TJ (Tribunal de Justiça) do Pará, ordenou hoje, 4, a imediata reintegração e Artur Brito (PV) ao cargo de prefeito de Tucuruí, sudeste paraense.

Ele estava afastado desde dezembro do ano passado, por decisão da Câmara de Vereadores. O presidente da Casa, Bena Navegantes (Pros), é quem estava até então no comando do município.

Em março deste ano, a Câmara foi mais além: cassou o mandato do prefeito.

A nova eleição para o cargo, segundo o portal Pará News, prevista para o dia 3 de junho próximo, está totalmente descartada.

Em abril passado, o desembargador Luis Gonzaga Neto, da Seção de Direito Público, também do TJ, já havia concedido liminar de reintegração ao cargo de Artur Brito.

Mas ainda faltava derrubar a decisão da Câmara de Vereadores – o que foi feito hoje pela defesa de Artur Brito, através de um agravo de instrumento com pedido de liminar.

“Determino a imediata suspensão dos efeitos decorrentes da cassação realizada na sessão extraordinária dia 19/03/2018 a partir do Decreto Legislativo nº 002/2018, bem como a imediata reintegração do agravante [Artur Brito] ao cargo de prefeito municipal de Tucuruí”, sentenciou a desembargadora.

“Comunique-se o Tribunal Regional Eleitoral acerca do teor da presente decisão, em razão da existência de eleições designadas para o dia 03/06/2018”, frisou.

Neste link, a íntegra da decisão.


Publicado por:

2 Comentários em Justiça ordena imediata reintegração de Artur Brito ao cargo de prefeito de Tucuruí

  • Aí fica fácil.com uma decisão dessas da desembargadora e o “arquivo” Bruno marcos morto…..viva a (in)justiça,Pará terra sem lei.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *