TSE registra mais de 200 disparos em massa no Pará pelo Whatsapp nas eleições

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) registrou nas eleições deste ano mais de 200 contas suspeitas de disparos em massa pelo Whatsapp no Pará – pouco mais de 2% do total detectado em todo país, 10.107 contas.

Os dados foram obtidos, via LAI (Lei de Acesso à Informação), pela Fiquem Sabendo, agência de dados especializada no acesso à informação, e reproduzido pelo Blog do Jeso.

 

As exatas 211 contas do aplicativo de propriedade do Facebook são suspeitas de disseminar conteúdos falsos durante as eleições municipais. O ranking nacional é liderado por São Paulo, com 2.265 contas, seguido por Minas Gerais, com 1.029.

O Pará lidera entre todos os estados da Amazônia. O Amazonas, com 105 contas, aparece em 2º, à frente de Rondônia, com 45, na terceira posição.

Disparos no Pará, segundo o TSE

LEIA também: STF barra por 6 a 5 reeleição de Maia e Alcolumbre para Câmara e Senado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *