A Polícia Civil em Santarém continua investigando a morte do empresário Céser Busnello, 51 anos, executado com 4 tiros por um pistoleiro na semana passada (dia 11).

Ceser Busnello

Busnello, assassinado com 4 tiros. Foto: Hitamar Santos

O autor dos tiros ainda não foi preso.

Até agora, 8 pessoas já foram ouvidas pelo delegado Jardel Guimarães, à frente do caso, entre elas a viúva de Busnello, Lilian Boterro.

Em seu depoimento, Lilian afirmou que o marido vinha recebendo ameaças de morte, e que chegou até mesmo a trocar o chip do celular.

Jardel Guimarães ainda deve ouvir outros empresários do ramo madeireiro.

O laudo pericial da arma e da cena do crime ainda não foi entregue ao delegado. Imagens de uma câmera de segurança de uma casa vizinha a do empresario também estão sendo analisadas pela polícia.

O inquérito deve ser concluído em 30 dias.

Leia também:
Inédito: o 1º júri popular federal em Santarém.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Viúva de empresário executado depõe na polícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • ANOMINO disse:

    esperamos sim justiça para a sociedade de santarém, mas a maior justiça para o mandante e para o executor será a divina, essa pode ter certeza não vai falhar.

  • ANONIMO disse:

    ESPERAMOS QUE O DELEGADO JARDEL DER UMA RESPOSTA A SOCIEDADE, SABEMOS QUE TEM COMPETENCIA PARA ISSO. O AUTOR DESSE HOMÍCIDIO DEVE SER PRESO, E SE TIVER MANDADNTE QUE SEJA TAMBÉM. DOUTOR A SOCIEDADE SANTARENA CONFIA NO SEU TRABALHO, POIS AQUI TEMOS PROFISSIONAIS COMPETENTES, NÃO PRECISA VIR POLICIAIS DA CAPITAL, PARA APURAR. CRIME COMO ESSE NÃO PODE FICAR IMPUNE. CONFIAMOS EM NOSSA POLÍCIA.