A Polícia Civil em Santarém continua investigando a morte do empresário Céser Busnello, 51 anos, executado com 4 tiros por um pistoleiro na semana passada (dia 11).

Ceser Busnello

Busnello, assassinado com 4 tiros. Foto: Hitamar Santos

O autor dos tiros ainda não foi preso.

Até agora, 8 pessoas já foram ouvidas pelo delegado Jardel Guimarães, à frente do caso, entre elas a viúva de Busnello, Lilian Boterro.

Em seu depoimento, Lilian afirmou que o marido vinha recebendo ameaças de morte, e que chegou até mesmo a trocar o chip do celular.

Jardel Guimarães ainda deve ouvir outros empresários do ramo madeireiro.

O laudo pericial da arma e da cena do crime ainda não foi entregue ao delegado. Imagens de uma câmera de segurança de uma casa vizinha a do empresario também estão sendo analisadas pela polícia.

O inquérito deve ser concluído em 30 dias.

Leia também:
Inédito: o 1º júri popular federal em Santarém.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Viúva de empresário executado depõe na polícia

  • esperamos sim justiça para a sociedade de santarém, mas a maior justiça para o mandante e para o executor será a divina, essa pode ter certeza não vai falhar.

  • ESPERAMOS QUE O DELEGADO JARDEL DER UMA RESPOSTA A SOCIEDADE, SABEMOS QUE TEM COMPETENCIA PARA ISSO. O AUTOR DESSE HOMÍCIDIO DEVE SER PRESO, E SE TIVER MANDADNTE QUE SEJA TAMBÉM. DOUTOR A SOCIEDADE SANTARENA CONFIA NO SEU TRABALHO, POIS AQUI TEMOS PROFISSIONAIS COMPETENTES, NÃO PRECISA VIR POLICIAIS DA CAPITAL, PARA APURAR. CRIME COMO ESSE NÃO PODE FICAR IMPUNE. CONFIAMOS EM NOSSA POLÍCIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *