De Guilherme Taré Moura, sobre o post Memória: um gênio:

Caro Jeso, dia 16, terça-feira, estará passando em Santarém, a Escola Portátil de Música do Brasil, comemorando seus 10 anos de existência. Ela, hoje, é uma forte referência em ensino de música do Brasil.

Esse projeto é uma realização do Instituto Casa do Choro, com patrocínio da Petrobras e que apresentará em 20 cidades de diferentes regiões do país shows da música instrumental brasileira, com repertório de uma caixa produzida pela Acari Records, com um conteúdo de 9 CD’s, resultado de dez anos de pesquisa

Obs.: das 20 cidades visitadas, só 4 não são capitais, daí a importância da nossa cidade, coisa que muito me orgulha, no cenário músical brasileiro.

Pois bem: como resultado dessa pesquisa, foram encontrados na região Norte dois ilustres músicos: Clemente Pereira Junior, compositor nascido em Belém, que estudou piano, composição e regência em Portugal Alemanha e França, e retornou a Belém em 1883 para atuar como solista e professor de piano. Era parceiro de Carlos Gomes.

E ainda: José Agostinho da Fonseca, nascido em Manaus, fez sua carreira no Pará (Santarém do Tapajós), tocava clarinete, requinta e, além de compositor, regente e ator formou orquestras e bandas em Santarém  compôs para diversas formações, inclusive para revistas teatrais. Esse ilustre santareno de coração aqui casou-se com dona Ana Dias, e teve cinco filhos, dos quais WILSON DIAS DA FONSECA E WILDE DIAS DA FONSECA (Tio Dó), que nos deixou há poucos dias.

Quero aqui aproveitar a oportunidade para agradecer e parabenizar a família Fonseca pelos relevantes serviços prestados a toda região. Primeiro, por manter as duas principais estruturas de ensino e manutenção musical, gerando inclusive empregos e formando cidadãos (escola de música WILSON FONSECA E FILARMONICA PRFº JOSÉ AGOSTINHO) 2º Elevando e levando o nome de nossa peróla a mais de um seculo, como referência músical e sendo respeitada por este mundo a fora.
Pra finalizar quero convidar a todos interessados a assitir esse belissímo concerto, que será realizado dia 16 na casa da cultura apartir da 20:00hs, com um grupo de choro que virá diretamente do Rio de Janeiro e dizer também pra todos que já exercem a função ou estão no curso de formação superior em música , que vai estar sendo ministrado um concerto didático no mesmo dia as 17:00hs , o acesso ao espetaculo e ao concerto didático será gratuito. um forte abraço! TARÉ.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Terça tem show instrumental

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Telma Amazonas disse:

    Taré querido,

    Parabens também proporcionar informações e eventos que ajudam a fomentar a cultura da nossa cidade.

    abs,
    Telma