por Evaldo Viana (*)

Os cofres da Prefeitura da Santarém, em 2009, foram abastecidos com algo em torno de R$ 253,35 milhões. R$ 95,25 milhões apresentaram-se carimbados para despesas com a Educação, R$ 26,1 milhões destinados pelo governo federal a obras do PAC e R$ 59,48 milhões foram canalizados, por força de dispositivos legais e constitucionais, para a área da saúde.

Sobraram R$ 72,29 milhões. Que fez o governo Maria do Carmo com esta pequena fortuna?

O lógico, o razoável e normal é que tenham sido investidos em infraestrutura, na malha viária da cidade, na pavimentação de ruas e recapeamento das vias públicas defeituosas e esburacadas, pois é fora de qualquer dúvida que esta área apresenta-se como a mais problemática e a que requer maior atenção.

A pergunta é: o governo Maria do Carmo investiu em infraestrutura, na recuperação da malha viária? Na pavimentação e recapeamento das ruas?

Não. A prioridade do governo foi outra. Criar secretarias. Criou tantas e com nomes tão exóticos, que é bem possível que a prefeita não consiga lembrar-se da metade, talvez não recorde o nome de um terço delas.

E não se cria secretarias simplesmente por criá-las. Secretarias são criadas, em governos de índole perdulária, para empregar e gastar. Como emprega muita gente, precisa gastar, tanto no pagamento de pessoal, como na compra de material. Material de consumo, passagens aéreas, diárias, locação de carros, compra de combustíveis, restaurantes, telefonia e demais serviços demandados pelos barnabés.

Veja-se o exemplo da Secretaria Municipal de Governo –SMG – criada pela prefeita Maria do Carmo para “fazer o elo institucional entre a prefeitura e a Câmara de vereadores”.

Essa secretaria, comandada pelo Sr. Inácio Corrêa, gastou, em 2009, R$ 9,55 milhões. Gastou muito dinheiro no pagamento da folha de pessoal: R$ 5,37 milhões; e gastou muito dinheiro na denominada “Outras despesas correntes”: R$ 4,18 milhões.

Até o ano de 2007, esta secretaria contava com 217 destinatários de contra-cheques mensais. De lá pra cá se agregaram outros, em número indefinido porque a contratação e nomeação dos privilegiados se dá por meio de decretos, cuja divulgação está circunscrita ao gabinete da prefeita.

Sabe-se que dos R$ 5,37 milhões gastos com a folha de pessoal R$ 1,61 milhão foram destinados ao pagamento de pessoal efetivo e comissionados. Outros R$ 2,83 milhões rechearam o contra-cheque dos contratados por tempo determinado.

Numa outra rubrica, verifica-se que a SMG gastou R$ 123.880,00 com diárias, sendo R$ 66.680,00 no Estado e R$ 57.200,00 em viagens para fora do Estado.

As despesas com passagens somaram R$ 433.268,91, dos quais R$ 156.882,48 foram destinados à compra de passagens aéreas e R$ 276.386,43 a locação de outros meios de transportes.

O item das despesas que atende pelo nome de Material de Consumo representou uma despesa de R$ 796.551,29.

Nas despesas da Secretaria Municipal de Governo também aparece a rubrica “serviços de consultoria” no valor de R$ 60.000,00, pagos ao advogado Walmir Brelaz, em 12 parcelas de R$ 5.000,00, pagamentos estes que ocorrem desde o início do governo da prefeita Maria do Carmo, em 2005, sem se saber ao certo a quem o advogado presta seus serviços; se à prefeitura ou à Sra. Maria do Carmo como particular.

A prestação de contas da SMG também mostra pagamentos no valor de R$ 299.855,44 a título de subsídios à prefeita, vice prefeito e secretário, sendo R$ 67.500,00 pagos ao secretário Inácio Correa e R$ 232.355,44 divididos entre a prefeita e o seu vice.

Pergunta incômoda, mas pertinente: a prefeita Maria do Carmo fez opção pelo subsídio de prefeita, a despeito de ser inferior ao subsídio de promotora de justiça?

E agora a despesa da Secretaria de Governo mais esdrúxula, a que causa maior espanto, indignação e revolta: as despesas com propaganda. Consumiram R$ 2.162.300,00, repassados integralmente á empresa Vanguarda publicidade.

Propaganda do quê? De que obra? De que serviço? Que publicidade institucional foi veiculada? Que peça publicitária foi produzida de interesse da população?

Eis aí senhores, o destino de quase R$ 10,0 milhões que poderiam, houvesse responsabilidade e seriedade deste governo, ser canalizados para a pavimentação e recapeamento de nossas tristes e miseráveis ruas.

Ao invés disso, o governo Maria do Carmo fez nítida opção pelo desperdício e pela irresponsabilidade.

Pois não se justifica a criação e manutenção de uma Secretaria, cuja importância é nenhuma, cuja utilidade é nenhuma, com a qual se dilapida dez milhões de reais por ano a pretexto de…. do quê mesmo?!!! Qual a justificativa oficial para a existência da Secretaria Municipal de Governo?

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

28 Comentários em: SMG, um monumento ao desperdício

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • GRIFON disse:

    Eu fico PUTO É COM ESSES EMPRESARIOS FROUXOS AQUI DE SANTAREM, QUE NÃO CHAMAM A PREFEITA PARA FAZER ALGUMA COISA PELA CIDADE QUE TA SUMINDO DO MAPA, QUE ESTÁ ABRINDO UM IMENSO BURACO QUE VAI ENGOLIR TODA CIDADE,…SÓ QUEM ADORA A PREFEITA DEVE SER OS DONOS DE AUTO PEÇAS, QUE ONDE ENCONTRA-LA POR AÍ POR DENTRO DE ALGUM BURACO VÃO ATÉ ELA PARA LHE DAREM ABENÇÃO, E LEMBRA-LA DE RENOVAR O COVÊNIO COM A PREFEITURA ( AUTO PEÇAS DE STM LTDA X PREFEITURA DE SANTARÉM ).

    QUE EU JÁ ESTOU CANSADO DE CAIR EM TANTO BURACO, DESVIAR DE UNS E CAIR EM OUTROS PIORES.

    MAIS É ASSIM MESMO OS POBRES QUE SE F…. COM SEUS CARRINHOS VELHOS, CADÊ AS PESSOAS QUE CONHECEM DAS LEIS PARA SE MANIFESTAREM, CUTUCAR OS ORGÃOS PARA PODEREM SE PRONUNCIAR, COM A PALAVRA MINISTERIO PUBLICO QUE TA DE OLHOS VEDADOS, SERÁ QUE NÃO TEM NINGUÉM QUE POSSA FAZER ALGUMA COISA POR STM, ESTAMOS ENTREGUES AOS RATOS LITERALMENTE???

    É VERDADE SANTARÉM TÁ PREPARADA PARA O FUTURO, SÓ FALTA AGORA FABRICAR OS CARROS QUE VOO, QUEM PRECISA DE RUAS ASFALTADAS, SANEAMENTO BÁAAASICO, NINGUÉM, ISSO É COISA DO PASSADO, O GOVERNO QUE AÍ ESTÁ SE PREOCUPOU EM PREPARA-LA PARA O FUTURO, E DIGA-SE DE PASSGEM QUE ESTÁ BEM PREPARADA….

  • Dudu Dourado disse:

    Com uma “cagada” dessas voce quer que eu me expresse como Jeso?

  • leitor atento disse:

    Acredito que o Sr. Evaldo Viana, deveria tbm divulgar em publico outros gastos de orgãos publicos como o da receita federal onde o memso trabalha, de modo especial em seu setor para fazer uma analise entre os gastos que aqui ele exibe. Isso tá parecendo dor de cotovelo de não ter comprado pela adiministração municipal que ai esta, assim como parece que foi no tempo do governo LIRA MAIA CORRUPTO, pois este governo sim roubo o dinheiro da merenda escolar, disse que construiu escolas e não construiu, que asfaltou ruas mas desviou o recurso, prova disso é a Dom Frderico Costa que hj ate de bicicleta é dificil trafegar.; E isso

    1. Jeso Carneiro disse:

      Caro Leitor atento, as contas da prefeita são públicas e qualquer pessoa por acessá-las. As da Receita Federal idem. Sua opinião tem cheio de ameaça velada. Tentativa vã, se bem conheço Evaldo Viana. Portanto, trate de contrapor com serenidade o que o articulista escreveu. Sem torpeza.

    2. Nestor da Liberdade disse:

      Está claro que esse leitor atento é membro do governo e sabe das coisas que acontecem lá. Agora porque ele não afirma com todas as letras que a prefeita Maria do Carmo NÃO está acumulando o salário de prefeita com o de promotora? Porque não aproveita também para explicar se esse advogado Walmir Brelas recebeu ou não esse dinheiro e se ele realmente presta serviços para a prefeitura e não para a pessoa da prefeita? Engraçado que a turma da prefeitura não contesta nada que o Evaldo viana afirma. Aí vamos acreditar em quem jeso?

  • SEU MANO disse:

    Trollbério………..

    Muito bom mesmo o seu post…talvez o “PTROLLBÉRIO” se toque um pouco….VALEU!!!!

  • Trollbério disse:

    Um troll , na gíria da internet, designa uma pessoa cujo comportamento tende sistematicamente a desestabilizar uma discussão, provocar e enfurecer as pessoas envolvidas nelas. O termo surgiu na Usenet, derivado da expressão trolling for suckers (lançando a isca para os trouxas), identificado e atribuído ao(s) causador(es) das sistemáticas flamewars.

    O comportamento do troll pode ser encarado como um teste de ruptura da etiqueta, uma mais-valia das sociedades civilizadas. Perante as provocações insistentes, as vítimas podem (ou não) perder a conduta civilizada e envolver-se em agressões pessoais. Porém, independentemente da reação das vítimas da trollagem, o comportamento do troll continua sendo prejudicial ao fórum, pois o debate ou degenera em bate-boca ou prossegue sendo vandalizado pelo troll enquanto este tiver paciência ou interesse de atuar.

    Há várias sistemáticas desenvolvidas por trolls para atuar num fórum de Internet, entre elas:

    Jogar a isca e sair correndo: consiste em postar uma mensagem de polêmica muito grande já esperando uma grande reação de cadeia e flame war. Porém o troll não se envolve mais na discussão ele some após a mensagem post original e se diverte com a repercussão. Uma forma mais branda é postar noticias polêmicas só para observar a reação da comunidade.

    Induzir a baixar o nível: alguns trolls testam a paciência dos interlocutores, induzem e persuadem a pessoa a perder o bom senso na discussão e apelar para baixaria e xingamentos. Com isso, o troll “queima o filme”, consegue que a pessoa se auto-difame na comunidade por ter descido a um nível tão baixo.

    Repetência de falácias: outro método usado que induz ao cansaço, aqui o troll repete seu conjunto de falácias até que leve seu interlocutor à exaustão, vencendo a discussão por abandono do oponente.

    Desfile intelectual: um troll pode ter bom nível intelectual, vocabulário sofisticado diante dos outros discursantes, desfilar referências e contradizer os argumentos dos rivais por conhecimento e pesquisa, muitas vezes os expondo ao ridículo e questionando sua formação educacional.

    Transpor autoria: é muito comum também um troll acusar sua vítima de ser um troll para tirar de si a identificação como tal, abrindo caminho para alternativas anteriores.

    Alimentar os trolls: participantes de boa fé podem trollar um debate ou um fórum inteiro inadvertidamente ao responder as provocações de um troll.

    O que motiva um troll a agir geralmente são: auto-afirmação, ideologia, fanatismo, sacanagem ou simplesmente ociosidade.

    1. Gil Serique disse:

      entao teu nick deveria ser trollvaldo

      1. Jeso Carneiro disse:

        Ou então, Gil, deveria ser Trollvarde. Bem diferente de Tiberio, que mostra a cara!

  • JP disse:

    Evaldo, parabéns pelo artigo,

    Em relação à matéria publicada, faço perguntas e as seguintes considerações:
    Se o advogado Walmir Brelaz presta “Serviços de Consultoria” a SMG, onde estão os Procuradores do Município? Defendendo suas causas de interesses particulares?
    Quanto aos salários e subsídios de prefeito e vice, a Constituição da República, ao elencar as diretrizes gerais a serem observadas na Administração Pública, consigna a vedação de acumulação remunerada de cargos públicos, estendendo-a a empregos e funções em autarquias, fundações, empresas públicas, sociedades de economia mista, suas subsidiárias, e sociedades controladas, direta ou indiretamente, pelo poder público (art. 37, incisos XVI e XVII).
    Pois bem. Investida Mandato de Prefeito, o servidor será afastado do seu cargo, emprego ou função, sendo-lhe facultado optar por uma das remunerações (art. 38, I, da CF/88).
    Da mesma forma, ao servidor investido no mandato de Vice Prefeito aplica-se-lhe, por analogia, as disposições contidas no inciso II do art. 38, da Constituição Federal.
    No caso especifico de Maria, como você traduz muito bem, ELA deveria optar pelo salário de Promotora de Justiça ou pelos subsídios de Prefeita; se estiver recebendo os dois de forma acumulada, poderá ter sérios transtornos. Como a palavra os órgãos fiscalizadores.
    Quanto a propagando, somente a empresa VANGUARDA PUBLICIDADE recebeu dos cofres públicos o valor de R$ 2.162.300,00, e as outras emissoras de rádio e TV que fazem propaganda para o Governo Maria não receberam nada? Ou se receberam de que forma foram repassados esses valores? Alguém explica!

  • CHAGUINHA disse:

    CALMA GALERA,

    O NOME DISSO É ” ORÇAMENTO PARTICIPATIVO “.
    FUNCIONA ASSIM: QUEM É DOS MEUS, PARTICIPA, QUEM NÃO É, DANÇA!!
    VOCÊS SE LEMBRAM DAQUELA FAMOSA FRASE, REPETIDA À EXAUSTÃO:
    ” EU NÃO VOU ROUBAR E NEM VOU DEIXAR ROUBAR O DINHEIRO PÚBLICO. ”

    A SEMANA SANTA ESTA AÍ…
    OREM, OREM E JEJUEM…!!!
    QUE DEUS CUIDE SANTARÉM E DE TODOS NÓS.

    CHAGUINHA

  • SEU MANO disse:

    os puxa-sacos da bagunça política que ronda Santarém, conhecem a LEI Nº 8.666, DE 21 DE JUNHO DE 1993????
    Por favor, Ministério Público olhe de maneira carinhosa para os nossos Santarenos…precisamos de justiça, justiça daquele tipo que informe, preste contas com a população de maneira simples, mas lógica de fato. Os mocorongos (não são bobos!) são honestos, trabalhadores e simples.
    Precisam de parcerias comprometidas com o povo, senão não funciona, nem aí, nem em lugar nenhum.

  • anônimo disse:

    Ouvir dizer que 1 desses muitos milhões que batem nas contas foi usado pra comprar uma super casa com vista pro encontro das águas em frente a cidade e nas proximidades da antiga Santa Casa….

  • Daniel disse:

    O Tiberio como todo bom petista que é mais uma vez sai pra defender a sua “patroa” com unhas e dentes, mais dentes pra dizer a verdade. A “eficiência” das secretarias está ai pra todo mundo ver, as nossas ruas cada vez mais esburacadas, o hospital municipal caindo aos pedaços e matando pessoas. O resultado desse inchaço absurdo na máquina pública já é conhecido faz tempo, ineficiência!!! E isso não é especulação ou qualquer coisa do tipo é fato provado comprovado.

  • JORGE MORAES disse:

    O diabos é que o sociológo está sempre a postos para defender o indefensável, explicar o inexplicável , justificar o iinjustificável !!!!! com toda essa grana jogada fora numa inútil e despendiosa secretaria encardidamente ineficiente daria para construir quantas passarelas em um hospital público decente ? ora bolas ! não morreu nenhum parente da prefeita e nehum dos seus inúmeros puxa-sacos ! prá que se preocupar com a desgraça dos pobres i indesejáveis frequentadores e usuarios do serviço público ??? prá que se preocupar com a vida dos pobre diabos cuja vida ou morte não comovem e nem sensibilizam quem está mamando na gorda vaca governamental ?

  • Fabrício disse:

    Avenidas como Borges Leal, Magalhães Barata, Álvaro Adolfo, Anysio Chaves, Moaçara, Tancredo Neves, Cuiabá, Turiano Meira, Curuá-una, Dom Frederico Costa, Elinaldo Barbosa, Muiraquitã etc… estão uma calamidade pública. POR FAVOR PREFEITA FAÇA ALGUMA COISA, nos ajude. Ainda existem outras ruas precisando de reparos, mas olhe ao menos para essas.

    HONRE PELOS VOTOS QUE A SENHORA RECEBEU.

  • Eu não fico puto e nem me admiro de as pessoas de bem, não reagirem mais com coisas desse tipo, sabe porque?
    Porque brasileiro é assim:
    Junta o seu lixo e joga na rua dos outros.
    Invade terras alheias e as vende a terceiros, fazendo disso um meio de vida.
    Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas.
    Estaciona nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas proibitivas.
    Suborna ou tentar subornar quando é pego cometendo infração
    fala no celular enquanto dirige.
    Para em filas duplas, triplas em frente as escolas.
    Dirige após consumir bebida alcoólica.
    Viola a Lei do silêncio.
    Troca voto por qualquer coisa. Areia, cimento, tijolo, dentadura.
    Trafega e ultrapassa pela direita nos acostamentos e em congestionamentos.
    Fura filas de bancos, utilizando-se de desculpas esfarrapadas.
    Espalha mesas e churrasqueiras nas calçadas.
    Faz “gato” de luz, de água e de TV a cabo.
    Pega atestados médicos sem estar doente, só para não trabalhar.
    Registra imóveis no cartório com valor abaixo do preço, muitas vezes irrisório, para pagar menos impostos.
    Comprarecibo para abater na declaração do Imposto de Renda para pagar menos imposto.
    Quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço custa 10,00, pede nota fiscal de 20,00.
    Comercializa objetos nas campanhas de catástrofes.
    Vende a merenda escolar que seria destinada aos estudantes.
    Vende a mercadoria da “Fome Zero”.
    Estaciona em vagas exclusivas para deficientes.
    Adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se fosse pouco rodado.
    Emplaca o carro fora do seu domicílio para pagar menos IPVA.
    Comercializa os vales-transporte e vales-refeição que recebe das empresas onde trabalha.
    Quando encontra algum objeto perdido, na maioria das vezes não devolve.
    Falsifica tudo, tudo mesmo. Só não falsifica aquilo que ainda não foi inventado.
    E quer que os politicos sejam honestos?
    Escandaliza-se com a farra das passagens aéreas.
    Esses politicos que aí estão, saíram do meio desse povo, ou não?
    É a mais pura verdade, isso que é pior. Então vamos adotar uma mudança de comportamento, começando por nós mesmos, onde for necessário! Vamos dar bons exemplos.
    Fala-se tanto da necessidade de um mundo melhor para nossos filhos, politicos honestos para dirigir nosso País, e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores (educados, honestos, dígnos, éticos, responsáveis) para o nosso Planeta, através dos nosso exemplos.
    O dia que olharmos primeiro para dentro de nós e procurar mudar nossas atitudes, para sermos pessoas de bem, respeitando sempre o próximo, como a nós mesmo, aí teremos um mundo melhor.

  • Paulo Leandro Leal disse:

    Muito esclarecedor o artigo do Evaldo Viana, que merece os parabéns por exercer o seu papel de cidadão, acompanhando as ações do governo. Se todos se interessasem mais pela aplicação dos recursos públicos, o Brasil certamente seria um país melhor. Quanto à administração do PT em Santarém, já ficou bem claro que é um desastre. Pobre Santarém, que há tantos anos sofre com governos corruptos ou ineptos. Ou as duas coisas ao mesmo tempo.

  • Tiberio Alloggio disse:

    Putz… Evaldo

    Desta vez tem que reconhecer que pelo menos teve prudência de colocar (antes de tudo) os gastos constitucionais previstos por lei. O que ajuda a segurar no chão quem sofre da tentação de levantar voos acima das nuvens.
    Mas aí sobro pouca coisa para querer esculachar o Governo. Só os gastos da Secretária de Inácio Correia, que por sinal funciona eficientemente e a todo vapor. Uma maquina mortífera com a oposição.

    Esperava o que? Que a prefeita estinguisse a secretaria, o seu próprio gabinete e a si mesma para recapear as ruas?
    Que o Governo pare de funcionar e de publicizar suas obras porque você não gosta dele e não reconhece o que faz?
    Não há nada de escandaloso nem de ilegal nos gastos (9,5 de 253 milhões) da secretária que faz funcionar o governo e suas articulações. Trata-se de uma pequena percentual do total do orçamento. Nada de desequilibrado ou fora dos padrões de qualquer instituição que se preze.

    Enfim, Evaldo, só uma sugestão, ao invés de dar só os “números” em milhões querendo impressionar o cidadão, melhor seria dar junto as percentuais dos diferentes gastos de um orçamento. As pessoas entenderiam mais como funciona uma instituição.
    Seria mais didatico e o Dudu ficaria menos assustado.

    Tiberio Alloggio

  • Adilson Araújo disse:

    …é Dudu, explique-se melhor, fiquei curioso!

  • Oculista disse:

    Não é de hoje que o desperdício de dinheiro público no governo Maria e algo alarmante e sem precedentes, que chama atenção de toda a sociedade, menos do Ministério Público Federal.
    Faz necessário esclarecer que estamos falando somente de uma Secretaria, nitidamente, sem nenhuma importância no quesito utilidade pública, e que a grosso modo não maneja recursos públicos de grande monta.
    Sendo assim, se nesta a esbórnia com dinheiro público assume pontos extremos, imaginem vocês na Secretária de Infra-estrutura, Saúde e ou Educação.

  • SEU MANO disse:

    ONDE ESTÁ O MINISTÉRIO PÚBLICO, PRA DAR UMA ” OLHADA” NESSES FLUXOS DE REAIS SEM FRONTEIRAS…ISSO É ZOMBAR DA CARA DOS SANTARENOS E PESSOAS QUE ESTÃO TENTANDO GANHAR A VIDA DE MANEIRA HONESTA…CADÊ AS MELHORIAS NA SAÚDE, NAS VIAS URBANAS, NAS MELHORIAS DOS ACESSOS ÀS COMUNIDADES QUE FICAM ISOLADAS, SEM PODER IR NEM VIR???? ACOOORRRDDAAA MP!!!!

  • Elbio Pedroso disse:

    Com a Palavra

    ” AS VIÚVA NEFILIBATAS. DO PT…… E agora? Como justificar essa CAGALHOPANÇA

    PT o seu Governo se pauta em Governos Perdularios e Deleterios….ès pior do que se imagina em Gestão Governamental.
    Obrigado Evaldo…pelo detalhamento e explicação.

    Que Cagalhopança,………???

  • Mocorongo Invocado disse:

    E agora na chefia de gabinete da Prefeita foi colocado um “ORELHA” para fazer o serviço de embromação com as Organizações Populares,pois o referido “ORELHA” nunca sabe de nada,dando a desculpa que está a só um mes,na mamação do dinheiro público municipal,pois estava na mamação estadual.

  • Tomé disse:

    Essas informações deveriam escandalizar a qualquer um que tenha a mínima noção que esse dinheiro que banca essas despesas são pagos com os tributos que pagamos. Eu fico puto da vida, nem tanto com a bandalheira dos políticos com o dinheiro do povo, mas com a tranquilidade das pessoas de bem que já não reagem mais com coisas desse tipo. Como cidadão eu tenho o direito de saber se isso é verdade ou não. Quero saber se a prefeitura gastou mesmo mais de 2 milh~eos de reais com propaganda, dinheiro esse que tá fazendo falta para ajeitar nossas ruas. Alguém da prefeitura pode falar pra negar ou confirmar essas informações?

  • Dudu Dourado disse:

    Que merda!

    1. Jeso Carneiro disse:

      Explique-se melhor, Dudu!

      1. Gil Serique disse:

        o CARAMBOLA É FODA.