por Maria Auxiliadora Azevedo

Nessas eleições vivemos um momento para fazermos história, pela via da política. A força do voto consciente pode forjar o surgimento de nossos paradigmas nesse campo desgastado pela corrupção e inversão de valores.

Voto conscienteTodavia, diante do caos vale sonhar, lutar e acreditar em realidades melhores para todos. Aos jovens, o chamado pelo voto consciente e libertário. Vamos eleger pessoas comprometidas com causas coletivas, e não com o seu próprio ego.

Os marginais políticos (fichas sujas) devem ser tratados e punidos nos rigores da lei, para que aprendam a ter consciência de suas atrocidades, quando desviam verbas públicas e violam direitos fundamentais dos cidadãos mais carentes.

A postura de falsos dirigentes contribui para o fortalecimento da violência de todo gênero na sociedade. Ampliando os bolsões de pobreza, e as mazelas sociais. Político corrupto acha-se esperto, mas aniquila a qualidade de vida do povo. Isso é a cara dos sujos.

Por que será que muitos estão querendo o poder, deixando de lado interesses coletivos? Talvez a impunidade que reina tranquilamente nesse país, seja o grande estimulante.

O debate político tem sido improdutivo, com raríssimas exceções, e sem conteúdo de propostas concretas, que nos façam acreditar em transformações reais. Porém, as promessas têm uma base de maquiagem fortíssima e até cintilante. Muito cuidado nessa hora. Precisamos de políticas douradoras e não de fachadas.

Se você não encontrar o candidato perfeito, vote naquele que mais se aproxima do povo e de suas necessidades coletivas.

Da melhora na educação, surge uma pressão social de qualidade, pelo voto consciente. Fichas sujas estão à margem da lei. Não merecem votos. Diante dessa calamidade moral e ética, faz-se necessário que não se venda a consciência no sufrágio de 7 de outubro.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

8 Comentários em: Voto consciente e libertário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • luz13 disse:

    Esse é o momento para refletirmos sobre a frase da Aline, da Cidade das Piramides: “Por que reclamas dos governantes se eles são fruto do seu voto e das suas atitudes?” Visitem o site http://www.deolhonomundo.com tenho certeza que gostarão. Abraços

  • Indignado disse:

    Dona Maria Auxiliadora, a senhora fala em seu comentário que devemos votar nos candidatos que mais se aproximem dos anseios do povo, também tenho minhas dúvidas atrozes.Os candidatos com sufrágio eleitoral já concretizado( temos dois em evidência) não se aproximam dos nossos anseios e sonhos de uma administração proba e descompromissada com as falcatruas, veja só os companheiros de chapa à vice.Um dia teremos o candidato ideal, que contemple tôdas as necessidades do povo, probo e voltado exclusivamente para solucionar os problemas comuns e eternos de eleitores brasileiros sofredores?Sou tremendamente cético, temos papel importante para tornar nossos sonhos e necessidades exequiveis, depende do nós.A conivência com a má administração é culpa , exclusivamente, nossa.Somos cúmplices de tudo e não podemos reclamar, no mínimo, escolhamos o candidato menos comprometido com a ânsia de locupletação com dinheiro público.A nossa leitora tem tôda razão.

    1. Maria Auxiliadora disse:

      Caro Indignado, também compartilho de suas dúvidas. O nosso país de norte a sul, está mal politicamente, parece até doença sem cura.Porém, não podemos entrar em um ceticismo profundo. Acredito, que um dia teremos uma realidade melhor, com gestores mais éticos e compromissados com o bem comum. Todos nós somos responsáveis para o acontecer dessa melhora.

  • Celso Vaz disse:

    Auxiliadora – MINHAS SIMPLES MATERIAS!!!!, gostaria muito de ver mais pessoas como vc escrevendo essas “SIMPLES MATERIAS” com sua permissão incorporo alguns desabafos:
    Curvo-me à vontade popular, mas não sem o sentimento de profunda indignação. A classe política já nem se fala, essa já apodreceu há muito tempo mesmo.
    Este Congresso que está aqui me desculpe a franqueza, é o pior de que já acompanhei.
    Nunca vi um Congresso tão medíocre. Claro, com uma minoria ilustre, respeitável, a quem cumprimento.
    Mas uma maioria, infelizmente, tão medíocre, com nível intelectual e moral tão baixo, eu nunca vi.
    O que se pode esperar disso aí? Não sei. Eu não vou mais perder o meu tempo. Vou continuar protestando sempre, cumprindo o meu dever.
    Um País que tem um Congresso desse, que tem uma classe política dessa, que tem um povo… Dizem que político não deve falar mal do povo. Eu falo, eu falo. Parte da população que compactua com isso? É lamentável! E que sabe. Não é por desinformação, não. E que não é só o povão, não. É parte da elite, inclusive intelectual. Compactuam com isso é porque são iguais, se não piores
    Elejam quem vocês quiserem! Podem chamar até o Fernandinho Beira-Mar e fazê-lo Presidente da República – ele não vai com o meu voto, mas, se quiserem, façam-no. O meu desalento é profundo.
    Esta será uma das eleições mais decepcionantes da minha vida. É a declaração pública, solene, histórica do povo brasileiro de que desvios éticos por parte de governantes não têm mais importância. Isso vem até da classe dos intelectuais.

    1. anonimo disse:

      Sr. Celso, a sua indignação é sentida por grande parte da população.Porém, precisamos acreditar, que um dia isso mude!!!!!!!

  • VOTO CONSCIENTE disse:

    Eu e muitos que conheço,já fizemos nossas reflexões baseados na LEI DA FICHA LIMPA,e concluimos: MANOEL DO JARAQUI 11012. NESSE VOCÊ PODE CONFIAR!

  • Maralice disse:

    Caro mensageiro da paz, sempre é a velha política travestida de gente séria. A escolha necessita de muita atenção. Acredito no seu pensamento, o povo está mais esclarecido, atencioso, e dando mais valor ao seu voto.

  • Mensageiro da paz disse:

    Compartilho da mesma idéia, e lamento que a maioria das pessoas não fazem uma análise na vida pública de seus candidatos e acabam por promover talvez de forma inconsciente a corrupção travestida de prosperidade….Lamento que muitas instituições ao invés de esclarecer sobre a seriedade (valor e consequência do voto) procurem disfarçar e esconder bandidos corruptos e fichas sujas em representantes do sagrado na terra…Entendo que santarém é uma cidade universitária e o povo está mais informado do que nunca antes…Espero que a resposta venha das urnas…Assim como não se esconde uma candeia debaixo de um alqueire, não se esconde e protege excrementos podres sem que esses exalem seu fedor e as pessoas saibam de onde vem…O povo não é mais burro e nem teleguiado a cair num profundo buraco em sua frente…A não ser que sejam seguidores de Osama Bin Laden….Que graças a Deus e pro bem da humanidade…Já se foi!!!