Balanço das urnas: 6 notas sobre o resultado das eleições em Alenquer
Alenquer, às margens do rio Surubiú, no oeste do Pará. Foto: O Liberal

O DEM foi o partido que teve o maior número de votos no município neste ano: 5.446, dos quais pouco mais de 2% foram votos na legenda. Resultado: o partido elegeu uma bancada de 3 vereadores para Câmara – Betão, Cardoso e Neto Piloto.

Também elegeram bancadas expressivas na Câmara, além do DEM, o MDB (3), PP (3) e PSC (3). Todos os demais partidos elegeram 1 vereador: PDT, PL e Rede.

 

O PCdoB (86 votos) e o PV (361 votos) foram as legendas que amargaram as piores números nas urnas.

Quase 16% dos eleitores de Alenquer aptos a votar não foram às urnas neste ano. É o equivalente a 6 mil votos – mais que o total de votos obtidos por 7 dos 10 candidatos a prefeito.

O vereador eleito com o menor número de votos, Denis Santos Aragão, é do PL e conseguiu apenas 275 votos – menos que o Rosi Cunha, que em 2016 foi eleito com 342 votos.

 

Prefeito eleito, Tom Farias (MDB) saltou de 5.645 votos obtidos em 2016, quando ficou em 2º lugar na disputa pelo cargo, para 9.842 votos neste ano. Crescimento de quase 75% de sua votação em 4 anos.

LEIA também: Em Alenquer, com 10 candidatos a prefeito, MDB vence com Tom Farias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *