Delegado inicia investigação de supostos crimes agrários na zona rural em Alenquer
O delegado Jardel Guimarães conversa com assentados do PDS Paraíso, em Alenquer. Foto: PCPA/Divulgação

A Polícia Civil do Pará, através da Delegacia Especializada em Conflitos Agrários (Deca), esteve nesta terça-feira (20) em Alenquer, região da Calha Norte, para verificar supostos crimes de ameaças em curso contra moradores do PDS (Projeto de Desenvolvimento Sustentável) denominado Paraíso, na zona rural do município.

Segundo o delegado Jardel Guimarães, titular regional da Deca, é importante que esse tipo de crimes seja devidamente investigados e, mais importante, esclarecido, a fim de se evitar conflitos naquela área.

 

Na ocasião, foram realizados procedimentos policiais, bem abriu-se diálogos com lideranças comunitárias e moradores do PDS que estiveram presentes na visita do delegado.

“Cabe ressaltar”, frisou Jardel Guimarães, “que é política do Governo do Pará o combate e a prevenção a confiltos agrários em todo território paraense, dando segurança às pessoas que vivem na zona rural”.

Um dos alvos das ameaças é José Araújo Ribeiro, presidente da associação que congrega os moradores do PDS Paraíso. Há outros que ali residem também ameaçados de morte.

— LEIA também: Tráfico internacional de drogas no Pará é alvo de nova operação da Polícia Federal

Jardel Guimarães em reunião em Alenquer nesta terça. Foto: PCPA/Divulgação

Com informações da Polícia Civil do Pará


📹 Assine o canal do Blog do Jeso no Youtube, e assista a dezenas e dezenas de vídeos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *