Parque das Cidades

Coqueiro com placa de identificação no Parque da Cidade

Novidade no Parque da Cidade, em Santarém. Quem visitar o espaço nos próximos dias vai perceber que as árvores no entorno da trilha principal agora estão identificadas com placas.

A iniciativa é da Semap (Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca), juntamente com estudantes da Ufopa (Universidade Federal do Oeste do Pará), que mapearam a vegetação no logradouro público.

A ação tem como intuito promover o conhecimento da vegetação local e a conscientização da população para a preservação do meio ambiente.

Nessa primeira etapa do projeto, foram identificadas 30 espécies de plantas paisagísticas, florestais e frutíferas, sendo o ipê amarelo e o taxizeiro as com maior predominância no parque.

Ao todo, 292 árvores receberão as placas, que trazem informações como nome popular e científico, região, além do QR Code, que, uma vez visualizado, traz informações detalhadas de cada variedade.

O QR Code é um aplicativo leitor instalado em celular. O usuário direciona a câmera do aparelho para o código, que uma vez assimilado, irá fornecer dados específicos de cada planta.

Nos próximos meses, as demais árvores do Parque da Cidade serão identificadas e colocadas num inventário existente no local.

Com informações da Prefeitura de Santarém

Leia também:
Dia Internacional da Mulher: empoderamento x valorização, por Sheila Santos

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Árvores do Parque da Cidade ganham placa de identificação com QR Code

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Manuel Gregório disse:

    Jeso,
    O QR Code não “é um aplicativo leitor instalado em celular”. Segundo (Kieseberg et al., 2010), disponével em [https://delivery.acm.org/10.1145/1980000/1971593/p430-kieseberg.pdf?ip=200.139.13.104&id=1971593&acc=ACTIVE%20SERVICE&key=344E943C9DC262BB%2E461DDE6872D2D9CA%2E4D4702B0C3E38B35%2E4D4702B0C3E38B35&__acm__=1520642422_534853543fe6286359f4dd0a2608c9cd], “um CódigoQR (“quick response”) é um código de barras bidimensional”. Nele, os dados são acessados capturando uma foto QR atra´ves de uma câmera de smartphone, por exemplo e são processados por um QR reader, aplicativo instalado no smartphone.