Líder do governo defende a volta das sessões presencias da Câmara de Belterra
Jonas Palheta, líder do governo na Câmara de Belterra. Foto: Arquivo pessoal/Facebook

Jonas Palheta (DEM), líder do governo na Câmara de Vereadores de Belterra (PA), defendeu o retorno imediato das sessões presenciais da Casa, ainda que sem a presença momentânea do público em geral, por conta da pandemia.

Para o parlamentar, como o prédio da Câmara é grande e só há 11 vereadores e 5 servidores, com rigorosas medidas de segurança sanitária, como distanciamento social e uso obrigatório de máscara, é perfeitamente possível a realização das sessões legislativas.

 

Vereador mais votado na eleição de 2020, Jonas Palheta lembra que quase todos os órgãos municipais estão em pleno funcionamento, com raras exceções. Por isso, a Câmara deveria também dar exemplo. Ainda mais que a Casa só se reúne uma vez por semana – às terças-feiras.

“Não é bom para a imagem da Câmara estarmos sem funcionar, paralisados, sem nem mesmo contar sessões remotas”, disse ao Blog do Jeso.

“Defendo o retorno das sessões, mas só com a presença de vereadores e do pessoal de apoio da Casa, com todos os cuidados necessários que se deve ter nesse período de pandemia de covid-19”, ressaltou.

A composição partidária da Casa

LEIA também: Justiça pede explicações a vereador eleito com gasto e receita zero em Belterra


📹 Assine o canal do Blog do Jeso no Youtube, e assista a dezenas e dezenas de vídeos.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Líder do governo defende a volta das sessões presencias da Câmara de Belterra

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • joscinaldo disse:

    Finalmente um político que quer trabalhar,,Parabéns vereador Jonas palheta,,não votei nesse vereador,mas quem votou estar bem representadp

  • Adauto Nogueira disse:

    Fraco como parlamentar, tem que ter voz própria muito dependente do poder e do autoritarismo do prefeito, obedece às ordens, não tem luz própria. Poderia ser produtivo ser fosse independente.