Candidato com mais de 2 mil votos em 2012 tem registro indeferido pela Justiça

O candidato a vereador pelo PTN de Santarém Alexandre Maduro, 32 anos, teve o registro de sua candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral.

Alexandre Maduro

Maduro, do PTN

A decisão foi proferida hoje, 8, pelo juiz Daniel Dacier Lobato, da 104ª Zona Eleitoral. Cabe recurso.

Leia também – 7 candidaturas a prefeito no Pará que “respiram por aparelho“.

Em 2012, no PTB, Maduro teve 2.110 votos – quantidade maior do que 8 dos atuais ocupantes da Câmara de Santarém tiveram à época.

Por isso, ele é apontado como um dos cotados da coligação PTN-SD-PMN-PSL-PTC para se eleger.

Segundo o juiz, a negativa de registro de candidatura de Maduro é em “decorrência da ausência de quitação eleitoral” referente a campanha de 2012.

Ao blog, o candidato do PTN disse que vai recorrer da decisão, pois, inclusive, já teria recebido do cartório eleitoral documentação que comprova que ele está quite com a sua prestação de contas.

– Vou continuar em campanha, pois as provas que tenho em mãos dão legitimidade à minha candidatura -, assegurou.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

9 Comentários em: Candidato com mais de 2 mil votos em 2012 tem registro indeferido pela Justiça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Joao disse:

    Jeso, o juiz já liberou a candidatura desse cidadão. Ele apresentou a documentação. Seu nome já consta, inclusive, no site eleicoes.com.br

  • O cara é contador, faz campanha, tira mais de 2 mil votos, não presta contas, suas contas são julgadas como não prestadas, o que o tonar QUALQUER cidadão inelegível até o próximo pelito, que no caso é esse, e ainda quer enganar a população se dizendo perseguido?

    Tem que investigar é como esse cidadão conseguiu essa Certidão de Quitação Eleitoral, se tiver alguma irregularidade tem que ser apurada a responsabilidade, pois de repente podemos descobrir um “esquema” para tentar enganar a Justiça Eleitoral e a população.

  • ELEITOR disse:

    eu estou em duvida se voto na tocha olimpica ou no ministerio publico estadual!!!!!!!

  • antonio disse:

    Vamos deixar de conversa fiada o Juiz jamais tomaria essa atitude se o referido candidato nao tivesse pendençias na justiça eleitoral e ele tambem nao e la essa cereja

  • ELEITOR CONSCIENTE disse:

    Por favor eleitor,ouça o conselho do Bispo de Santarém Dom Flávio Giovenale,pesquise seu candidato,sua campanha atual e as anteriores,sua família,seu ambiente de trabalho,seu grau de escolaridade,seus projetos e não deixe de votar.Uma sugestão, pesquisem o candidato MANOEL DO JARAQUÍ 55111,que tem como um de seus projetos, delimitar um período de no máximo dois mandatos para os vereadores(com tramites na esfera federal).

  • ELEITOR disse:

    GENTE MUITO BOA E UMA PENA QUE ESTEJA DO LADO DO VONmito!!!!!!!

  • Carlos Lacerda disse:

    Vamos torcer para que Alexandre Maduro continue candidato a Vereador, será uma prova dos Nove para o Jovem candidato que em 2012 teve 2.110 votos,com o poder financeiro e político do então Secretário de Habitação e Presidente do PTB Beto Frazão, que lhe deu tudo, até o tráfico de influência no Cadastro do Minha Casa Minha Vida, a onça vai sair da toca e vai beber água, também vai ser uma prova de fogo, aguenta firme Alexandre Maduro, desejo-lhe tudo de bom, mas, tudo pode acontecer, o tempo é o Senhor da Razão.

  • antonio disse:

    O referido cidadao teve essa quantidade de votos com a secretaria de defesa civil na mao sera bom que ele fosse candidato agora sem a maquina da prefeitura talvez o deputado catapora lhe de uma ajuda