Garimpeiros invadem pista em Jacareacanga e impedem voo de avião militar
O avião militar em meio à uma multidão de pessoas em Jacareacanga. Foto: WhatsAPP

Um grupo de garimpeiros invadiu nesta quarta-feira (5) a pista do aeroporto de Jacareacanga, no oeste do Pará, e impediu a decolagem de uma aeronave da Força Aérea Brasília (FAB), que estava no local para prestar apoio a uma operação contra crimes ambientais.

De acordo com o jornal O Globo, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, esteve na cidade nesta quarta para  conversar com indígenas e garimpeiros.

 

Uma aeronave C-95 Bandeirante estava no Pará para auxiliar uma operação do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) em terras da etnia indígena Munduruku, segundo o Ministério da Defesa. Entretanto, “a pista de pouso esteve parcialmente ocupada por uma parcela da população local durante o dia, de forma que não houve condições para a decolagem com segurança da aeronave”.

Segundo a pasta, o aeroporto de Jacareacanga não realiza operações noturnas, e por isso a previsão de decolagem da aeronave é a manhã desta quinta-feira.

A Defesa também informou que Ricardo Salles não utilizou a C-95 Bandeirante e, portanto, não foi impedido de deixar o local por causa da ocupação da pista. Ainda de acordo com o ministério, Salles já deixou a cidade.

No local, se reuniu com garimpeiros e defendeu a atividade. Em vídeos, indígenas que atuam em garimpos clandestinos na região cobraram Salles para que ele suspendesse as operações do Ibama no local. Salles, por sua vez, defendeu a possibilidade de indígenas atuarem em garimpos.

LEIA também: Juiz nega paralisação das obras de condomínio em Alter do Chão, e inclui MPF no caso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *