Casas em Juruti Velho: ex-nº 1 do Incra terá que bancar sua defesa, decide juiz, Luciano Brunet

A Justiça Federal em Santarém decidiu: o ex-superintendente regional do Incra em Santarém (SR-30) Luciano Gregory Brunet terá que arcar os custos de sua defesa no processo que tramita contra ele na corte com dinheiro do próprio bolso.

É que ele não foi considerado “hipossuficiente” (pessoa de parcos recursos econômicos) pela DPU (Defensoria Pública da União). O juiz Érico Pinheiro, da 2ª Vara Federal de Santarém, acatou o parecer da DPU.

Luciano é um dos 10 denunciados na ação civil pública (improbidade administrativa) movida pelo MPF (Ministério Público Federal) no ano passado devido a construção de casas populares em diversas comunidades de Juruti Velho, município de Juruti, oeste do Pará.

Como nº 1 do Incra, Brunet teria autorizado pagamentos indevidos, assim como “permitiu a construção de 1.830 casas no assentamento agroextrativista Juruti Velho sem qualquer fiscalização”, acusa-o a procuradora da República Fabiana Schneider.

Em 2017, o Conselho Superior da Defensoria Pública da União definiu um novo critério de hipossuficiência.

Na ocasião, fixou o valor da faixa de renda (um dos principais critérios definidores de condição de necessidade de assistência jurídica) de R$ 2 mil – e não mais de 3 salários mínimos por família – para atendimento pela DPU para população que não tem condições de pagar um advogado.

Leia também:
Casas em Juruti Velho: ex-nº 1 do Incra diz não ter dinheiro para pagar defesa

  • 58
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

7 Comentários em: Casas em Juruti Velho: ex-nº 1 do Incra terá que bancar sua defesa, decide juiz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Paulão disse:

    Este LUCIANO ainda tá solto

  • ADS disse:

    E A DESPESAS JUDICIAIS DO GEDENOR PEREIRA SERÁ BANCADA POR ELITA BELTRÃO E CANDIDO NETO DA CUNHA, AO MENOS QUE ESTES DOIS CONSIGAM CONVENCER O MPF A DAR GRATUIDADE AO GEDENOR PEREIRA BRAÇO DIREITO DO PT E PSOL DE SANTARÉM…

  • MARCIO PINTO disse:

    CANDIDO CUNHA ERA O CHEFE DESTA MÁFIA TODA AI QUE DESVIOU MAIS DE 50 MILHÕES DOS COFRES PÚBLICOS….

  • JOSE rocha disse:

    ALÔ MPF, PRENDAM LOGO ESTA QUADRILHA DO PT QUE SE INSTALOU NO INCRA DE SANTARÉM DE 2005 ATÉ 2016

  • Amaral disse:

    Foi muita garra com o dinheiro público feito pelos Petistas, e mas se tivessem construídos as casas e terminadas era bom, mas tem comunidades que o material como tijolos e telhas estão amontoados estragando, sinceramente tem que colocar na cadeia todos envolvidos.

  • Paulo disse:

    ESTE LUCIANO MANDOU MAIS DE 3 MILHÕES DE ESQUEMAS DE CONVÊNIOS DO INCRA PARA OLÍVIO DUTRA DO RS DO PT TEM QUE APODRECER NA CADEIA

  • Isaías macaco disse:

    O. CERCO ESTÁ SE FECHANDO, AI TEM QUE PRENDER O HENRIQUE, GEDENOR, CLEIDE SOUZA, EDMUNDO,ELITA, TIAGO, ASSIS DANTAS,AMIM BISSAR, FAGNER GARCIA E MAIS 13 FUNCIONÁRIOS DO INCRA QUE DESVIARAM 30 MILHÕES DAS 1830 CASAS DE JURUTI VELHO