Óbidos é o pior em gestão do Pará, e está entre os 5 piores do Norte, afirma Firjan
Ladeira central na cidade de Óbidos, oeste do Pará

O município de Óbidos é o pior em gestão fiscal do Pará, e está entre os 5 piores da região Norte nesse quesito. Os dados são da edição 2019 do Índice Firjan de Gestão Fiscal (IFGF), lançado há poucos dias pela Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro).

O índice refere-se a 2018, e avalia as contas de 5.337 municípios de todo o país, que concentram 97,8% da população brasileira. No Pará, 127 municípios foram avaliados.

 

O IFGF tem como base dados fiscais oficiais, declarados pelas próprias prefeituras. É composto por quatro indicadores: IFGF Autonomia, IFGF Gastos com Pessoal, IFGF Liquidez e IFGF Investimentos.

Óbidos cravou 0.0221 de IFGF, que varia de 0 (gestão crítica) a 1 (excelência de gestão). O município melhor avaliado no Pará é Parauapebas (0.8097), seguido de Marabá (0.8003) – os dois únicos do estado no patamar de excelência.

Uruará e Jacareacanga são os municípios do oeste do Pará que ocupam as melhores colocações no ranking estadual: 12º (0.6029) e 13º (0.5812), respectivamente.

Rabeira do IFGF

Os municípios que estão na rabeira são: Óbidos (0.0221), São João de Pirabas (0.0333), Limoeiro do Ajuru (0.0388) e Alenquer (0.0488).

Com o atual prefeito Chico Alfaia (PL), cujo mandato iniciou em 2017, Óbidos atingiu o mais baixo índice da série histórica do IFGF — iniciado em 2013. Ao assumir o cargo, Alfaia prometeu uma revolução na gestão pública do município. Ele é bancário e com formação superior em administração.

Semana passada, o governo de Alfaia foi alvo de uma operação da Polícia Federal, denominada Contraste, por suspeita de desvio de recursos públicos federais na área da Saúde.

https://1.bp.blogspot.com/-Kq_KvpsxBMc/Xcl1m887b_I/AAAAAAAAgSE/v9aOnbG0BYoeIh_kzFkHipG59cV3WvR7QCLcBGAsYHQ/s1600/IFGF%2Bindice.png

— LEIA também: Calote deixado há 12 anos pelo ex-prefeito Lira Maia entra na fase de precatório

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

6 Comentários em: Óbidos é o pior em gestão do Pará, e está entre os 5 piores do Norte, afirma Firjan

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • obidense disse:

    Bruno Coutinho, esse atual superou todos!

  • Pedro Paulo de Oliveira disse:

    É triste ver nossa querida Óbidos descendo ladeira abaixo, sem rumo, sem direção, sem governo. Infelizmente, essa nova história continua fazendo muito mal a População Obidense. Uma onda que lamentavelmente até agora não disse a que veio. Ou melhor já disse: veio para acabar com o pouco que já havia. Tristeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee……

  • Bruno Coutinho disse:

    Vcs, sabem até analisar a politica de Óbidos.
    Óbidos teve três mandatos de prefeitos que foram pior para a cidade.
    Logico, que o atual não vai conseguir fazer milagre para tirar do fundo do poço.

    1. Jeso Carneiro disse:

      Bruno, ele prometeu a onda azul da revolução gerencial em Óbidos. Tá lembrado? O município, no entanto, involuiu. Regrediu. Poderia pelo menos empatar. Vai deixar pior.

  • Pauxi disse:

    Enquanto isso a farra das diárias não param…agora o secretário preguiça criou “espaço obidense” em Santarém, ou vocês acham que é pra quê, isso? Vamos conferir as diárias no mês seguinte. Sou a favor que Óbidos seja visto, mas as condições estão precárias, pra se fazer isso.. diárias, diárias, diárias, diárias, diárias, diárias…aguardem

  • José Antônio Mendes disse:

    É lamentável a situação é a posição indecorosa que Óbidos ocupa nas análises técnicas de sua administração. Como se não bastasse o mar de lama que circunda a cidade presépio, com denúncias de irregularidades e desvios escancarados de recursos públicos, com operações da Polícia Federal, envergonhado seu povo, sendo notícia no Estado todo nos meios de comunicação.
    E aos olhos do executivo parece que nada esta acontecendo. E tem os defensores da moral, é gente que diz meter a mão no fogo pelo prefeito. Vereadores olham para seus umbigos e fingem não ver nada. Os que gritavam antes, agora saciados cochilam e calados ficam.
    Uma gestão pifea sem resultados, sem obras, é detentora de escândalos atrás de escândalos.
    Como obidense me envergonho dessa “nova historia” , que no mínimo depõe com a real história de Óbidos. O que mas me assusta é ver gente defendendo a renovação com ideias velhas.