Rurópolis, Uruará, Juruti e Óbidos em 4 notas: correição, praça, mutirão e Candiru
Vacinação em massa realizada no sábado em Juruti, na praça principal da cidade. Foto: PMJ

RURÓPOLIS

Marcada correição ordinária na Promotoria de Justiça de Rurópolis entre os próximos dias 2 e 6 de agosto, a cargo da promotora Viviane Lobato Sobral. Anapu, Medicilândia e Uruará também serão alvos da Corregedoria do MPPA (Ministério Público do Pará).

 

URUARÁ

Com recursos da Secretaria de Obras Públicas do Pará será construída uma praça pública em Uruará. A Continental Service Serviços de Construção é que foi licitada para fazer o serviço. Orçado em R$ 930.657,42. A empresa tem até janeiro do próximo ano para concluir a obra.

— LEIA AINDA: Governador sanciona lei que dá nome ao ginásio poliesportivo de Santarém.

JURUTI

A gestão da prefeita Lucídia Batista (MDB) realizou no sábado (24) um mutirão para vacinar, com a primeira dose, os moradores da cidade com idades entre 39 e 30 anos. A ação contra a covid-19 foi realizada na principal praça de Juruti – e começou às 17h. Foram disponibilizadas 1.000 doses para essa faixa etária. O município recebeu até agora 18.252 doses de imunizantes. Registrou 4.258 casos da doença, sendo que 3. 926 foram recuperados e 164 morreram.

ÓBIDOS

O governo Helder Barbalho homologou, e a Presim (Premoldados Simões Engenharia) sagrou-se vencedora da licitação para elaboração do projeto executivo de engenharia civil e naval para construção da nova base de fiscalização Candiru, ancorada no rio Amazonas, estreito de Óbidos. O valor do serviço fechado foi de R$ 120 mil. A Presim é de Santarém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *