Remarcada audiência do caso em que prefeito é acusado de fraudar eleição em Oriximiná
Delegado Fonseca, do PRTB: vitória por apenas 102 votos para prefeito de Oriximiná. Ele é acusado de vencer a eleição mediante abuso de poder econômico. Foto: Reprodução

Remarcada a audiência sobre o caso em que o prefeito de Oriximiná, na região da Calha Norte (PA), Delegado Fonseca (PRTB), é acusado de fraudar a eleição do ano passado, mediante prática de abuso de poder econômico.

Inicialmente prevista para amanhã (23), a audiência de instrução foi adiada para o próximo mês de julho (dia 26) pelo juiz eleitoral Ramiro Almeida Gomes em decisão proferida nesta terça-feira (22). Será virtual e tem início marcado para 14h.

— LEIA AINDA: Prainha e Óbidos lideram vacinação na Calha Norte contra covid; Oriximiná é o lanterna.

 

O magistrado decidiu adiar a audiência a pedido do MPE (Ministério Público Eleitoral).

“Tendo em vista manifestação do Ministério Público, e, tratando-se de processos jungidos, a pedido do Autor da presente ação, sendo fato que haveria prejuízo à instrução com a ausência do Autor da AIJE de nº 0600622-19.2020.6.14.0038, cujas audiências foram unificadas, a melhor solução está em atender ao primeiro requerimento do MP, com a redesignação da audiência, desde que o prazo não seja longo, acompanhada de algumas providências por parte deste Juízo, visando à efetiva realização da audiência na próxima data”, justificou o titular da 38ª ZE (Zona Eleitoral).

Eleito em 2020 com apenas 102 votos de diferença, Delegado Fonseca é acusado de fraudar a eleição tanto pelo MPE como pelo deputado estadual do PTB Ângelo Ferrari, 2º lugar na disputa.

A AIJE (Ação de Investigação Judicial Eleitoral) ajuizada pelo MPE é a de nº 0600622-19.2020.6.14.0038; a de Ferrari é a nº 0600633-48.2020.6.14.0038. Os 2 processos foram “jungidos” (unidos) e terão audiências “unificadas”, marcada para o dia 26 de julho.

Íntegra da decisão: remarcada

Audiência Remarcada – Caso fraude do Delegado Fonseca by Blog do Jeso on Scribd

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *