Denúncia de uma leitora do blog que pediu para não se identificada, sobre os novos carros repassados pelo governo do Pará à PM em Santarém:

Estrelinha

Caro Jeso,

Estou lhe enviando um demostrativo de como esta sendo usado os novos carros que chegaram para a PM de Santarém.

No ultimo dia 12, quando fui levar meu filho na escola (Sesi) me deparei com esta viatura da PM estacionada à entrada dos alunos. Achei estranho, e perguntei de algumas mães se isso acontecia com frequência.

Para minha surpresa, a resposta foi SIM.

Carro PM

Um integrante da PM é quem usa viatura para deixar seu filho na escola. Te pergunto: é correto isso?

Eu não acho!

Leia também:
Helenilson entrega 14 carros à PM em Santarém.

  • 2
    Shares

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

22 Comentários em: Policial leva filho à escola em carro da PM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Jairo Oliveira disse:

    Às vezes eu acho os comentários mais interessantes que os artigos. E apesar de achar a liberdade de expressão essencial a uma democracia, espanta-me a porcentagem de posts a favor do que os policiais estão fazendo. Gente que acha que se deve fechar os olhos para erros de “pequenos” porque existem “grandes” que erram muito mais. Provavelmente são as mesmas pessoas que falam mal de sua própria cidade, estado ou país reclamando que vivem na sujeira, que o povo é mal educado, que são mal atendidos em repartição pública, que os políticos são ladrões, mas não veem problema quando quem está promovendo a sujeira, o mal atendimento, a expropriação e mal uso da coisa pública são indivíduos que não são políticos.
    Embora fale em partidos,as palavras do ministro do STF Luis Roberto Barroso, em sua primeira atuação no caso do mensalão, são didáticas, exemplares e resumem minha opinião: “Não existe corrupção do PT, do PSDB ou do PMDB. Existe corrupção. Não há corrupção melhor ou pior. Não é corrupção do DEM. A corrupção é um mal em si e não deve ser politizada”

    1. Jeso Carneiro disse:

      Parabéns, Jairo, pela lúcida análise do caso. Plac, plac, plac, plac….

  • Marcelo disse:

    Isso ainda é residuo da ditadura militar. Policiais não comprometidos com a nova ordem, acham que podem tudo. Não podemos esquecer de outros funcionários publicos que vivem mamando nas tetas do governos, que também tem seus salários pagos nós pobres mortais.

  • Douglas disse:

    Isso não acontece só com o carro da Policia Militar, vejo isso com os carros da policia Civil também, Carros do corpo de bombeiros, Carros da receita federal, Carros da prefeitura, e por ai vai…

    O Problema e, que temos um ministério pulico que a unica coisa que sabe fazer e receber o seu salario, nunca vi um promotor publico autuar qualquer órgão que seja ou empresa em Santarém..
    Empresa de telecomunicações faz tudo na cidade menos prestar o serviço adequado, empresa de internet nem se fale, o celpa pior ainda, cosampa as pessoas sabem nem o que e…
    Ai me pergunto para que diabos um prédio do ministério publico se os promotores não trabalham?

  • coisinha linda disse:

    Falar dos Policiais é Facinho, usam viaturas visiveis, agora senhora denunciante, procure seus parentes, amigos e conhecidos que usam veiculos da prefeitura, promotorias, tribunais, camaras de Santarém e Belterra e Mojui, e demais veiculos comprados com dinheiro público que só servem ao Privado, vamos ver se vc. tem esta isenção, falar mal de policial é fácil e pratico, são quem esta exposto dia e noite para proteger a vida de terceiros, mas ele mesmo, o Policial, é um cidadão normal.

  • ELEITOR disse:

    rui costa já disseste quem tu es!

  • Anonimo disse:

    Eles fazem isso a muito tempo e agora flagraram e fora disso ainda tem vereadores q tem regalias da pm.

  • espocabode disse:

    Minha gente isto é irrelevante, é de se perguntar quanto custa aos cofres do estado o passeio que os deputados e demais estão fazendo pelo oeste paraense ? mas se justifica, verão, praias, etc etc, porque não fizeram isso no inverno ?

    1. coisinha linda disse:

      Se fosse só os deputados seria muito bom, mas veio muita gente (“funcionários”) nessa viagem, ganhando diárias de deputado .

  • Mocorongo disse:

    ESTA TUDO ERRADO, MESMO!!! DEVERIA TER UMA SEGUNDA VIATURA ATRÁS PARA FAZER A SEGURANÇA! QUE MAL TEM UM SERVIDOR QUE DEDICA SUA VIDA A SERVIR USAR DO BEM PUBLICO EM UM ESTADO DE NECESSIDADE. VAMOS DEIXAR DE HIPOCRISIA. POLITICOS ROUBAM MILHOES E NINGUEM FAZ NADA O POLICIAL É CRUCIFICADO POR TER UTILIZADO A VIATURA PRA RESOLVER ALGO DE SEU INTERESSE. E ENQUANTO A VIATURA ESTAVA NA ESCOLA NÃO IMPUNHA AUTORIDADE E SEGURANÇA? COM OU SEM DEMORA, A POLICIA SEMPRE ATENDE EM SANTAREM….

  • B disse:

    Este último sábado estava também no Mariscada um desses carros. Não recordo se a Ranger ou a Amarok, mas era uma placa com algo 5336 ou 3536… Não tenho certeza, eram mais ou menos 03:30 horas, e não me parecia atividade policial, pq no estacionamento quando vi a cena, reconheci os dois que estavam curtindo lá dentro…Ou seja, quando ligamos pra esses senhores atenderem uma ocorrência, é uma hora.. e às vezes nem isso! Estes fatos são totalmente sem graça!

  • Jonivaldo Sanches disse:

    Se o policial estava usando o carro para levar o filho à escola, para isso não existe outro nome que não seja improbidade administrativa.
    Nos termos da Lei de improbidade administrativa (LEI Nº 8.429, DE 2 DE JUNHO DE 1992.), In verbis:
    Art. 9° Constitui ato de improbidade administrativa importando enriquecimento ilícito auferir qualquer tipo de vantagem patrimonial indevida em razão do exercício de cargo, mandato, função, emprego ou atividade nas entidades mencionadas no art. 1° desta lei, e notadamente:
    (…)
    XII – usar, em proveito próprio, bens, rendas, verbas ou valores integrantes do acervo patrimonial das entidades mencionadas no art. 1° desta lei.

    E nesse caso nos termos da mencionada Lei para esse tipo de improbidade caberá a seguinte sansão:
    Art. 12. Independentemente das sanções penais, civis e administrativas previstas na legislação específica, está o responsável pelo ato de improbidade sujeito às seguintes cominações, que podem ser aplicadas isolada ou cumulativamente, de acordo com a gravidade do fato: (Redação dada pela Lei nº 12.120, de 2009).

    I – na hipótese do art. 9°, perda dos bens ou valores acrescidos ilicitamente ao patrimônio, ressarcimento integral do dano, quando houver, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de oito a dez anos, pagamento de multa civil de até três vezes o valor do acréscimo patrimonial e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de dez anos; (…).
    É necessário séria investigação e tendo havido mesmo improbidade, aplicação da devida sansão ao policial.
    Atos como esse não podem nem devem prosperar.

  • Manuel disse:

    Como é bom mamar nas tetas fartas do estado. Risuenho deveria então toda frota da PM transportar diariamente os alunos das escolas municipais e estaduais, assim a coisa ficaria mais justa.

  • Fernando Reis disse:

    Isso é muito grave… deve ser apurado, e punido (que eu duvido muito) o servidor que está cometendo a irregularidade.

  • FRANCISCO DAS CHAGAS SILVA disse:

    BOM DIA SENHORA INDIGNADA,

    NESSE PAÍS É ASSIM MEDMO!!!

    DO MENOR AO MAIOR… TODOS PENSAM QUE SER FUNCIONÁRIO PÚBLICO SIGNFICA QUE VC TEM QUE USAR A MÁQUINA E A ESTRUTURA PÚBLICA A FAVOR DE SEUS INTERESSES PARTICULARES.
    INFELIZMENTE. ISSO AINDA ÉCAFÉ PEQUENO!!

    CHAGUINHA

  • Júlio E. Ferreira disse:

    O artigo 312 do Código Penal cataloga o peculato, como sendo o crime de apropriação por parte do funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, publico ou privado de que tenha a posse em razão do cargo, ou desviá-lo em proveito próprio ou alheio. Comete também o crime o funcionário público, conquanto não tendo a posse, subtrai-o ou concorre para que seja subtraído próprio ou alheio, valendo-se da facilidade que lhe proporciona o cargo.

    Leia mais: https://jus.com.br/artigos/357/crimes-praticados-por-funcionarios-contra-a-administracao-publica-e-improbidade-administrativa#ixzz2bxBukC6o

  • René disse:

    E os políticos que vivem pra lá e pra cá as nossas custas, deixa o pobre do policial levar seu filho pra escola se fosse pra outro lugar até questionaria, eles já são tão massacrados. Vá denunciar os vereadores.

  • luiz fernandes de oliveira disse:

    Não é nem de longe correto, bens públicos não podem em hipóteses alguma servir ao interesse particular ou privado de quem quer que seja. O Art. 37 da CF, versa sobre os cinco princípios que regem a Administração pública: Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência. Logo, mesmo que fosse o filho ou filha do comandante-chefe do 3º BPM ou do soldado mais humilde ! De qualquer modo, não é legal, muito menos moral e impessoal; no arrepio da Lei, infringindo três princípios do artigo de lei; em comento. Gostei do flagrante delito ! Cuidado com represália ! Este perito criminal como já está acostumado; não liga pra tal … ! Mas, o único meio de cidadania, ainda é por meio da DENÚNCIA, para a sociedade alcançar uma democracia sofrida, porém, rumo a DEMOCRACIA E CIDADANIA, RESPONSÁVEL E IGUALITÁRIA. Utopia !

  • Ezequiel disse:

    Mano, se eu presenciar uma situação dessas pergunto na hora se foi comprada apenas com dinheiro dele. Pois é um bem público e para uso específico.
    Depois eles ainda querem respeito como autoridade, pra isso precisam seguir o respeito e ética profissional.
    #puniçãojá

  • rui costa disse:

    vai procurar o que fazer, o que ha de errado nisso? Quer dizer que um policial que esta de serviço não pode usar o veiculo de serviço pra deixar o filho na escola, qual o problema, via procurar o que fazer

    1. Fidalgo Silva disse:

      Qual o problema??? Fala sério. A corrupção começa aí meu caro. O carro não é dele. A viatura não é pra ser usada para isso. Volto a repetir que se um cidadão chama a polícia a resposta é sempre a mesma. Não temos viatura … não temos viatura… aí vem me perguntar qual o problema???

  • Milton Peloso disse:

    Jeso, em um trabalho que estou fazendo para o MDA [Min. Desenv. Agrário] em boa parte da BR 163, chamado “Territórios da Cidadania” deparei com algo, no mínimo estranho – um carro da empresa ENDICON, com nome e logotipo da Prefeitura Municipal de Santarém, prestando serviço para a Prefeitura Municipal de Itaituba. Por mera coincidência que governa lá é também o PSDB, como ca. Mas que está errado está!! Afinal a iluminação pública em Santarém não está tão bem assim, a ponto de prestar esta solidariedade a outra cidade. Quem sabe para Belterra…que é mais perto!!