Cabo e sargento da PM são presos em flagrante por roubo de carga em Rurópolis

Publicado em por em Rurópolis, Segurança Pública

Cabo e sargento da PM são presos em flagrante por roubo de carga em Rurópolis
O caminhão cuja carga foi roubada pelo cabo e o sargento da PM de Itaituba. Ambos foram presos neste domingo. Fotos: JC

Dois policiais militares foram presos por roubo de carga na comunidade Divinópolis, no km 70 da BR-163, município de Rurópolis (PA). Fredson Holanda Nunes, o cabo Nunes, de 38 anos, e Ronaldo da Costa, o sargento Ronaldo, de 51 anos, foram pegos em flagrante enquanto praticavam o crime.

O fato aconteceu neste domingo (6), por volta das 07h40min, depois que o posto policial (PPD) de Divinópolis foi informado de que possivelmente estaria acontecendo um roubo de carga de um caminhão baú da empresa de tabagismo Sousa Cruz.

Com as informações fornecidas via GPS do lugar de onde estaria o caminhão, uma guarnição da Polícia Militar do Pará com 4 policiais se dirigiu ao local. Adentraram 200 km de ramal e, nessa altura, avistaram o caminhão baú da empresa. Havia junto ao veículo da empresa outro caminhão. Viram ainda dois indivíduos encapuzados fazendo o transbordo de mercadorias e uma caminhonete Ford F-100, placa QEN-6686.

Quando a guarnição se indentificou aos criminosos e solicitou a eles que levantassem os braços, os dois correram para trás dos veículos, já se preparando para reagirem à abordagem policial. Os PMs efetuaram disparos em direção aos dois, atingindo na perna de um dos suspeitos.

Sargento Ronaldo da Costa e cabo Nunes, ambos da PM: presos em flagrante

Depois disso, os 2 se renderam. Tiraram os capuzes e deitaram no chão. Foram reconhecidos como policiais militares lotados em Itaituba. Assim, foi dada a voz de prisão e informados de seus direitos constitucionais, inclusive o de permanecerem calados.

Foram apreendidos com os 2 acusados duas pistolas de marca Taurus, calibre 40 mm, 3 telefones celulares, 3 carregadores contendo 19 munições de marca CBC, 3 carteiras porta-cédulas contendo inúmeros documentos, um capuz em tecido na cor preta, uma luva na cor preta, uma camisa, uma bolsa na cor preta contendo chave, papéis diversos, um carimbo com o nome de Ronaldo da Costa e outra bolsa vazia na cor preta.

A caminhonete F-100 usada para levar a carga roubada

O suspeito baleado era o sargento PM Ronaldo da Costa, que foi levado de imediato ao posto de saúde da comunidade Divinópolis, sempre acompanhado dos policiais. Depois disso, ambos foram levados para Rurópolis. O cabo PM Nunes foi levado à unidade policial desse município, enquanto Ronaldo foi encaminhado ao hospital para tratar dos ferimentos.

— O JC também está no Telegram. Siga-nos e leia notícias, veja vídeos e muito mais.


Publicado por:

Uma comentário para

  • Que vergonha para a corporação…Aqueles que são pagos para combater a criminalidade, são os próprios criminosos. Infelizmente em todas as instituições há pessoas de má índole e não seria diferente na Polícia Militar do Pará. Felizmente há os que se dedicam a cumprir suas missões com dedicação, respeito e honestidade. Que esses malfeitores sejam punidos dentro dos rigores da lei, até para servir de exemplo aos outros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *