O volume de combustível da candidatura de Terra Santa alvo de cassação, Doca, candidato a prefeito de TS

O gráfico abaixo, de consumo de combustível da Prefeitura de Terra Santa em 2016, é uma das provas mais eloquentes em poder do MPE (Ministério Público Eleitoral), para pedir a cassação do prefeito eleito Doca Albuquerque (PSD) por crime eleitoral (abuso de poder econômico).

Os altos e baixos do gráfico revelam o uso escancarado da máquina municipal, gestão do ex-prefeito Marcílio Picanço (PSD), para eleger seu aliado e sucessor no cargo.

Preste atenção no gastos de julho (convenção do PSD e partidos aliados) e outubro (votação): nunca na história do município, a prefeitura se consumiu tanto combustível como nesses dois meses.

Preste atenção ainda na queda do consumo (em mil reais), em novembro, mês seguinte da eleição.

combustivel Terra Santa - 2016

Leia também:
Farra de combustível pode provocar a cassação do prefeito de Terra Santa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *