Consórcio de Belo Monte está livre de multa por apagão no Norte e Nordeste, apagão - Norte e Nordeste

O pagão afeitou as regiões Norte e Nordeste

Mesmo que o apagão que atingiu o Norte e Nordeste tenha sido causado por uma falha de um disjuntor em uma estação da Belo Monte Transmissora de Energia, a empresa ficará isenta de pagar multa à Aneel. A informação é da Folha de S. Paulo.

Em empreendimentos novos, há um tempo de isenção de penalização de seis meses, a contar da data de início da operação comercial. Nesse intervalo, são feitos ajustes e testes, segundo a assessoria da companhia.

“As instalações tiveram sua entrada em operação comercial no dia 12 de dezembro e, portanto, estamos em período de carência.”

Em 25 de setembro do ano passado, a Aneel alterou a regra e acabou com esse tempo de perdão. A mudança passará a valer depois de 180 dias da publicação no Diário Oficial.

O apagão aconteceu três dias antes da data.

A pena às transmissoras cujo serviço é interrompido é calculada com base no valor pelo qual ela é remunerada.

Ela deixa de ganhar a receita proporcional ao tempo em que esteve sem funcionar.

Além disso, é aplicada uma pena pecuniária, afirma Nivalde José de Castro, professor da UFRJ.

“Se for uma parada programada para manutenção, por exemplo, a transmissora deixará de receber o valor pelas horas sem serviço e ainda pagará 10 vezes o montante em multa. Já para interrupções não previstas, são 150 vezes.”

No caso de uma interrupção de cerca de cinco horas, como chegou a acontecer em algumas regiões, a soma poderia chegar a quase um mês de receita, segundo um executivo de outra empresa do mesmo segmento.

Pode haver ainda uma discussão administrativa sobre o pagamento, e outras transmissoras, cujos sistemas caíram por não terem suportado a carga, provavelmente enfrentarão penas, diz o executivo da concorrente.

Leia também:
Alter do Chão ganha destaque na edição de hoje do jornal Folha de S. Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *