Em Belém, uma lei do vereador Alfredo Costa/PT, também proíbe o corte no fornecimento de energia as sextas-feiras, sábados, domingos, feriados e véspera de feriados, mas por lá a lei é respeitada.

Flávio Costa, leitor do blog, sobre os corte de energia realizados pela Celpa aos finais de semana em Santarém.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Frase do dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • André Cavalcante disse:

    Flávio Costa

    Quero pedir licença para discordar de você, já que aqui também em Belém a CELPA passa por cima da Lei e realiza cortes também nos dias proibidos.

    Recentemente ajuizei duas Ações contra a CELPA. A primeira requerendo indenização por danos morais, justamente pela realização de um corte no sábado que deixou uma família inteira sem energia por todo um fim de semana, já que a religação só ocorreu na segunda seguinte. E a segunda, ordinária. em virtude, entre outros, de patentes erros na medição do consumo e por problemas ocasionados pelos famosos “olhões”, aquele contadores digitais que vivem incendiando.

    Nesta segunda ação consegui uma liminar que determina que a CELPA troque o medidor do meu Cliente (um restaurante na Doca) de digital para analogico, como era antigamente. Creio que se trata de uma grande vitória do consumidor que além de ser literalmente lesado com as leituras “erradas” dos “olhões” ainda corre sério risco de ser vítima de incêndios por conta da fragilidade destes equipamentos que, por sinal, só são utlizados no Pará.

    O consumidor que sofrer este tipo de transtorno deve acionar a referida concessionária cobrando danos materias e morais. Quando todo mundo fizer isso quem sabe a “Dona Celpa” não passe a nos tratar com mais respeito.

    Qualquer colega que quiser utilizar a liminar deferida na Ação acima citada para utilizar como jurisprudência pode me ligar (091-8225-7347) que terei o maior prazer em ajudar a acabar com estes abusos.

    Um forte abraço.

    André Cavalcante

    1. Anônimo disse:

      boa tarde. Eu tive a minha luz cortada no sábado. Mandei religar. Isso porque fiques esperand algum carro desses da celpá passar e dei 10 reais pra religarem. O rapaz funcionário da evoluti me disse q ia deixar o sistema como estava: cortada. Tudo bem, paguei a fatura na segunda. Passado uns dias me ligaaram de um número de são paulo que deve ser de alguma terceirizada da terceiriada, perguntando como estava vivendo sem luz… Pode isso? Quer dizer, eles cortam a nossa luz e depois ligam para perguntar como vai a vida no escuro?! Achei um absurdo… Eu queria saber mais da lei que ampara o consumidor nesse sentido, para que haja uma clareza pq eu não sei se os terceirizados ganham comissão por corte devido eles chegarem em nossa residência feito os donos do mundo querendo mostrar serviço. Gleyce moraes.