Pais cobram de colégio carga horária do MEC, e redução de 30% no valor da  mensalidade
Prédio do Colégio Dom Amando, em Santarém. Foto: Arquivo BJ

Em um manifesto, que até nesta sexta-feira (5) já tinha mais de 160 assinaturas, pais de alunos do Colégio Dom Amando (CDA), da rede privada de ensino em Santarém (PA), cobram a redução em 30% da mensalidade, além de medidas pedagógicas por conta da pandemia.

O documento, cuja cópia o Blog do Jeso teve acesso, foi protocolado na quarta-feira (3) no CDA.

 

“Exigimos que o desconto de 30% seja devidamente aplicado [na mensalidades], sem considerar nessa contabilização aqueles 5% concedido aos pagamentos efetuados até a data de vencimento”, cobram os pais no manifesto.

Confira a íntegra abaixo.

Procurada, a direção do CDA não se pronunciou até o fechamento desta matéria. O espaço ao contraponto, porém, continuará franqueado à instituição.

Santarém, 03 de junho de 2020.

Para: Sra. Márcia Regina Savignoli – Diretora do Colégio Dom Amando

De: Pais e responsáveis financeiros dos matriculados nessa instituição de ensino

Com os cordiais cumprimentos de praxe, os pais e responsáveis financeiros dos discentes matriculados nos diversos segmentos de ensino do Colégio Dom Amando vem por meio deste documento manifestar suas opiniões referentes ao andamento do ano letivo.  O longo texto seguinte foi resultado de também longa discussão entre os interessados, os quais utilizaram mídia social para as deliberações, e por isso pedimos paciência em sua leitura.

Antecipadamente, reiteramos que estamos sensibilizados com toda a problemática ocasionada pela pandemia em relação ao ensino pelo CDA e queremos contribuir para um melhor andamento das atividades escolares. Nesse intuito, apresentaremos primeiro nossas críticas e, posteriormente, nossos pedidos.

Desde que se prenunciou o isolamento social, apesar de muito preocupados com a saúde dos envolvidos nesse processo de ensino, continuamos confiantes na eficiência dessa instituição escolar tradicional e reconhecida na cidade e, assim, ficamos aguardando que as melhores medidas fossem apresentadas.  Para nossa surpresa, as medidas adotadas não se mostraram as mais eficientes.

A primeira medida – determinar o autoestudo de determinados trechos das apostilas, com repasse de diversos exercícios – foi a mais insatisfatória de todas, pois desconsiderou a necessidade de adaptação dos discentes para esse modo de ensino.  Adicionalmente, delegou sim aos pais, muitos deles sem a aptidão necessária para o ensino, o papel de protagonista no processo, o que ocasionou contratempos seríssimos.

A segunda medida – aulas gravadas e repasse de exercícios – apesar de mais satisfatória, não foi a mais eficiente devido não dispormos do canal de tira-dúvidas em tempo real. Quando ocorreu a única aula on-line, com interação dos discentes com o docente em tempo real, se vislumbrou uma medida mais eficaz.

Logo vieram as férias antecipadas, essa também uma requisição de alguns pais e, nesse período, almejávamos que o CDA estudasse e adotasse medidas mais satisfatórias. Causou-nos muita surpresa e indignação constatar que somente no previsto primeiro dia de retorno das férias esse almejado estudo ocorresse, e a medida adotada não nos deixou nem um pouco satisfeitos.

Apesar de reconhecermos o livre-arbítrio para procurarmos outra instituição de ensino, consideramos afrontosa essa argumentação quando procuramos seus atendentes e queremos esgotar as tratativas com o CDA, pois optamos por essa escola e queremos zelo pela credibilidade que nos conquistou.

 

Quanto ao desconto concedido, gostaríamos que a escola apresentasse uma planilha de custos e a comprovação que o ampare.  A despeito das expectativas individuais, os aludidos descontos são na verdade diminuídos em 5%, pois esse já é um índice tradicionalmente pago por todos e que não deveria ter sido considerado nos informativos. Ou seja, os aludidos 20 e 15% concedidos na verdade são, respectivamente, 15 e 10%.  Em nossas residências, o aumento das despesas com energia elétrica foi bastante significativo, superior à 30%, e entendemos que esse percentual deve ser equivalente à economia obtida pela escola. Assim, reiteramos que o desconto concedido é incompreensível.

Dessa forma, externalizamos que:

– não concordamos que as aulas da primeira medida sejam contabilizadas como atividade de ensino, pois não percebemos qualquer aproveitamento por parte dos discentes;

– exigimos que o desconto de 30% seja devidamente aplicado, sem considerar nessa contabilização aqueles 5% concedido aos pagamentos efetuados até a data de vencimento;

– exigimos que todas as aulas aconteçam no modo on-line, no mesmo tempo que aconteceriam na sala de aula, sendo estas também gravadas para propiciarem o acesso posterior aos casos fortuitos. A redução do horário de aulas, conforme divulgado pelo ClassApp, com base na legislação municipal, não é condizente com os ambientes virtuais aqui requeridos;

– queremos que as aulas atinjam a carga horária estabelecida pelo MEC;

– exigimos a suspensão do pagamento de qualquer lote do material didático que não tenha perspectiva de utilização em data breve, evitando assim a inclusão dos nomes nos cadastros de proteção ao crédito;

– necessitamos da disponibilidade de docentes ou auxiliares em horário de contra-turno para auxiliar os menores cujos pais ou responsáveis necessitam trabalhar naquele turno, em especial aqueles cujas profissões são enquadradas como serviços essenciais;

– solicitamos muita atenção e sensibilidade aos discentes com necessidades especiais;

– que seja publicizado um novo cronograma de aulas para determinado período, prevendo um prolongamento do isolamento social;

– solicitamos amparo aos pais que possuem mais de um discente matriculado no CDA mas só possuem um computador em sua residência;

– solicitamos que o CDA conceda suporte aos seus professores que não possuem estrutura suficiente para ministrarem aulas de sua residência, inclusive respeitando sua vontade de permanecer em isolamento social, sem prejuízo de seus compromissos com seus discentes;

– na impossibilidade de algum professor estar impossibilitado de ministrar sua aula, que outro tome seu lugar e, quando sua condição impeditiva for resolvida, este efetue a devida reposição.

Visualizamos aqui a necessidade de uma reunião presencial com alguns representantes dos discentes e os diretores da escola, para esclarecimento de alguma dúvida que possa persistir quanto ao aqui manifestado.Nessa, respeitaríamos o distanciamento necessário, idem as medidas preventivas.

Os manifestantes abaixo enumerados aguardam o posicionamento do CDA. Somos um grupo de 163 pais.

 

  1. Adriana de Souza Oliveira
  2. Adriana Florenzano
  3. Alessandra Saldanha de Oliveira
  4. Ana Karina Abucater de Santana
  5. Ana Nery Gomes Conrado
  6. Ana Ronilza Pedroso Moreira
  7. Andréa Sousa
  8. Andrei Malheiros*
  9. Andreza Lucrécia de Oliveira Pinto
  10. Ângela Miranda
  11. Angeluce Santos
  12. Anna Karoline Corrêa Rocha
  13. Camila Welter
  14. Carla Cinara Sousa Diniz*
  15. Carla da Silva Maia
  16. Carmelina Silva
  17. Carmen Aflalo Carneiro
  18. Cidia Gisele Azevedo
  19. Cláudia Roberta Silva Ximenes
  20. Cristina Paula Feijao de O Marinho
  21. Daniely Ruiz Oliveira
  22. David Rocha da Silva
  23. Dean Crys Vieira Matos
  24. Diego Nogueira Miranda
  25. Edney Maria S P Silva
  26. Elielma Lia Oliveira
  27. Elineia Ribeiro Cardoso
  28. Eluselena Maria de Sousa
  29. Elza Maria Souto B. Aguiar
  30. Euler Amaral de Sousa Júnior
  31. Eva Danielle Cunha Bernardo
  32. Fatima Leticia Cunha Ximenes
  33. Fernanda Guimarães Araújo
  34. Franciney Sarmento Sales
  35. Gilma da Silva Pereira Rocha
  36. Gleidson da Silva Ximenes
  37. Gysella Roberta da Silva Mubárac
  38. Helieltonjack Oliveira De Sousa
  39. Herivelto Ferreira Neves
  40. Hérlon Mota Atayde*
  41. IosodaraMirelly de Morais Felipsen
  42. Iranildesda Conceição Silva
  43. Iveline Klein
  44. Jamille Gomes dos Santos Saatkamp
  45. Jamyle Lopes Miranda
  46. Jaqueline Cristina Campinas de Siqueira
  47. Jarlisson Pereira Carneiro
  48. Jennifer Sa de Aquino
  49. João Paulo Borges
  50. Juçara Monteiro
  51. Juliane Barão Kummer
  52. Karin Silvana Moreira Ferreira
  53. Kátia Patrícia de Sousa Aguiar
  54. Keila Cristina Almada de Melo
  55. Layra Anne do Socorro Vidal e Silva                
  56. Leonardo da Silva Oliveira
  57. Lilian Cristiana Amaral Azevedo
  58. Lílian Cristiane Fernandes Linhares
  59. Lizandra Marinho
  60. Luciano Antônio Serrano
  61. Luciene Soraya Sousa de Moura
  62. Lucimara Batista Dantas
  63. Luis Fernandes de Moura
  64. Magnus Guilherme Felipsen
  65. Manoel Lucivaldo A Diniz*
  66. Manoel Delon Castro Martins
  67. Manuelly Assunção Borges
  68. Mara Núbia Cruz
  69. Márcio Ramos
  70. Marcos Gomes Borges
  71. Marcus Halley Ponte Rego
  72. Maria Andréia L.M.Chaves
  73. Maria Elivalda
  74. Maria Fátima Linhares
  75. Marly Grandal Ladeira
  76. Monica Alessandra Rodrigues
  77. Nara Carolina Modesto Figueira
  78. Natanael Almeida da Silva
  79. Nilciane de Sousa Santiago
  80. Odineia Dias Macedo
  81. Paulo Henrique Lobo Neves
  82. Paulo Roberto Carvalho da Silva
  83. Regiane Henrique Liberal
  84. Reilson Matos de Sousa
  85. Renata Moura de Sousa.                                
  86. Renato Wisniewski
  87. Ronilson Marcelo Pedroso Moreira
  88. Rosimary Sousa de Oliveira
  89. Sandro Jerônimo A Diniz
  90. Silvana Sadeck
  91. Sintia Greice S Campinas
  92. Suely Silva Duarte
  93. Taiany Sousa de Almeida
  94. Tâmara TarcianaAraujo da Costa
  95. Wellen Maia Guimarães
  96. Wilton Campos*
  97. Wilton M.Chaves
  98. Wilton Marques Campos e Silva
  99. Zaira Cláudia Melo

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES

(*) Comissão organizadora

LEIA também: Concurso de juiz no Pará é alvo de reclamação, por irregularidades, no CNJ

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Pais cobram de colégio carga horária do MEC e redução de 30% no valor da mensalidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Pedro disse:

    Como faz falta Irmao Jose Ricardo. Esta faltando bom censo por parte da administração do CDA. Espero que logo encontrem uma solução.

  • Manoel disse:

    #euapoioospais, estamos buscando melhorias pra nossos filhos, aulas com qualidade, conteúdo e carga horária.