O presidente da FPF (Federação Paraense de Futebol), Antônio Carlos Nunes, defende o São Raimundo, neste momento, no julgamento que o clube santareno enfrenta no STJD (Supremo Tribunal de Justiça Desportiva).

Afirmou que a falha (a não inclusão do nome de 3 jogadores do SR no BID) é do sistema da CBF.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: FPF defende São Raimundo no STJD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • ROBERTO VINHOLTE disse:

    Mesmo sendo do FOGÃO, mais uma vez estou torcendo pelo PANTERA. Os advogados Pedro Diniz e André Cavalcante estão lutando, mas não está sendo fácil. O São Raimundo não pode pagar por um erro da Federação. Ocorreu a confiança natural nos serviços da unidade diretiva paraense, que aliás, por seu presidente, assumiu a culpabilidade. Assim, o único erro que o São Raimundo pode ter cometido, foi não ter acessado o BID para a conferência regular dos nomes dos jogadores inscritos. A melhor JUSTIÇA haverá de identificar a sólida e causal culpabilidade da Federação. Caso contrário, dominou a “RICA” INJUSTIÇA.