Quando, afinal, a nova camisa oficial do São Raimundo vai ser colocada à venda para os torcedores?

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

13 Comentários em: Não quer calar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Tom Hanks disse:

    WIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIILSOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOONNNNNNNNNNN…

  • André Cavalcante disse:

    Jeso

    Em resposta ao questionamento do blog, gostaríamos de fazer os seguintes esclarecimentos para os Torcedores e simpatizantes do SÃO RAIMUNDO ESPORTE CLUBE em relação às Camisas Oficiais da temporada 2010.

    Como é de conhecimento de todos, o SREC vive um momento único em sua história.

    As recentes conquistas do SREC não só lhe trouxeram visibilidade como, também, uma série de novas responsabilidades, já que todos os envolvidos atualmente com o Clube buscam estabelecer bases sólidas para que a fase que experimentamos hoje não seja uma “nuvem passageira” como outras que já vimos aqui mesmo no Pará.

    Certamente vários aspectos do Clube merecem e precisam de atenção, contudo, não podemos comprometer com isso a política de austeridade financeira que vem marcando a atual administração do Clube. Assim, não só os gastos, mas também a receita deve ser tratada com atenção para que cada vez mais o Clube se fortaleça.

    Dentro desta visão, desde que começaram as negociações envolvendo patrocinadores e/ou parceiros, tudo vem sendo feito com muito cuidado para não deixarmos passar oportunidades até então sequer sonhadas pelo Clube. Foi assim que conseguimos arregimentar patrocinadores que hoje nos dão certa tranqüilidade financeira e consideráveis perspectivas de crescimento.

    O fornecedor de material esportivo é outro exemplo desta política. É bom lembrar que a conquista do Campeonato Brasileiro da Série D se deu em 01.11.2009, ou seja, a menos de cinco meses atrás, prazo relativamente curto para algumas negociações extremamente importantes para o Clube.

    É claro que logo após a conquista várias foram às ofertas de fornecimento de material esportivo, entre os quais, logicamente, a camisa oficial (o grande filão), contudo, como sabe qualquer um com o mínimo de tino comercial, neste tipo de situação a pressa não pode ditar o ritmo das negociações e assim foi feito.

    Para exemplificar a situação basta que todos saibam que nas primeiras propostas sequer nos foi oferecido participação nas vendas e layout exclusivo da camisa oficial (o layout da camisa seria um que já constasse do portfólio das empresas proponentes). A situação só começou a mudar de fato quando passamos a ter a assessoria do Grupo Y. Yamada que com sua força comercial somada com o crescimento do Clube trouxe para mesa de negociação, entre outras, a representante nacional da Amer Sport, dona da Marca WILSON.

    Desta feita, a partir de uma engenharia comercial entre a Amer Sport, YAMADA e SREC a WILSON passou a ser a fornecedora oficial do SREC e, por isso, o Clube passou a ser um dos times vestidos oficialmente pela marca no Brasil, o que é um fato histórico para o Clube em virtude da importância e história da WILSON no mercado esportivo nacional e mundial.
    Financeiramente, posso assegurar, a parceria coma Amer Sport foi a mais vantajosa entre todas.

    É conveniente ainda ser destacado que uma negociação deste porte não se concretiza em poucos dias já que são diversos os itens a serem negociados, só para que se tenha uma idéia do processo à simples aprovação do layout da camisa levou mais de 30 (trinta) dias, já que precisou ser aprovado inclusive pela matriz nos EUA.

    Assim, a partir destas explicações, acredito que nossa exigente torcida passe a entender o porquê desta demora.

    A parceria será lançada oficialmente ainda no mês de Abril e o novo material deverá ser utilizado pelo Time Profissional provavelmente na partida contra a equipe do Cametá, na quarta rodada do 2º Turno.

    Pelas previsões da fornecedora a disponibilização para venda também se dará em abril, mas, já no lançamento da parceria estará disponível para a torcida um esquema de pré-venda, inclusive utilizando cartões de crédito e o cartão Yamada (pelo menos nosso pensamento é neste sentido).

    Este será apenas o início de uma parceria que tem tudo para elevar ainda mais o nome do nosso querido Pantera velho de guerra.

    Um forte e alvinegro abraço em todos.

    Atenciosamente.

    ANDRÉ CAVALCANTE

    1. Jeso Carneiro disse:

      Obrigado, André, mais uma vez pelos esclarecimentos. Oportuníssimos.

      1. CÁSSIO MARXISTA disse:

        Jeso, parabéns pelo blog. Pois é a partir daqui, que os torcedores fora do estado, como é o meu caso, ficam sabendo dessa informações que, infelizmente, são repassadas minimamente.

        O fato curioso dessa novela que ronda a camisa oficial do Pantera é que se extende, desde o ano passado. Foi repassado, primeiramente, que seria a Kanxa a fornecedora. Eu até acessei o site da mesma, para ver se já es estava disponível o modelo da camisa do Pantera, uma vez que, lá tem os modelos dos uniformes dos times que a Kanxa produz.

        Contudo, o tempo passa e somos informados de que não seria mais a Kanxa e sim, a tradicional, Penalty. Depois, não se ouve mais na produção do uniforme.
        Aí, finalmente, um dos diretores do São Raimundo informa que, agora, é a Wilson, a fornecedora oficial.

        Nossa, a coisa está tão evoluída, que foi necessário passar pelas decisões dos chefões estadunidenses, para sair a produção em definitivo.

        Eu acredito que o SREC deve ficar atento a cada detalhe das ofertas, de modo, que ele não seja prejudicado. E é válida a preocupação da Diretoria. Até porque o que apareceu, (e aparece!), de aproveitador, depois da conquista do Brasileiro, nao é brincadeira.

        Jeso, pra terminar, deixo um recado superimportante para a torcida santarena a favor do Pantera: Não deixem de lembrar as pessoas responsáveis pelas regularizações do Colosso do Tapajós!!!! Não deixem que repitam, os mesmos problemas no início do parazão. Justamente porque acaba preparando o estádio, para as futuras exigências, para a série C!

        Enfim, um grande abraço para toda a população santarena e repito o que sempre deixo nos meus posts aqui no blog: Eu acredito na conquista do estadual esse ano, no bicampeonato brasileiro e na participação na libertadores em 2012.

  • Silvana Neves disse:

    Boa pergunta…até hoje estamos esperando isso por isso..e até agora naaaaaaaaaaaaada…..Como pode uma Diretoria que não briga por esse tipo de receita para o clube???? Os torcedores que têm que ficar cobrando??

  • Antonio disse:

    Essa camisa ta uma novela, e um dos diretores falou que sairia este mês. E o projeto sócio- torcedor que falaram que ia começar também(so papo), sorte que nosso pantera velho de guerra é grande e supera tudo.
    VAMOS POR EM PRÁTICA AS PROMESSAS…

    1. André Cavalcante disse:

      Antônio

      Gostaria que você visse o que esta acontecendo com os projetos sócio-torcedores de remo e paysandu aqui em Belém, assim, você entenderia o porque da cautela da Diretoria do Clube em lança-lo em Santarém.
      Esse programa sócio-torcedor (que nem pode ser intitulado assim em virtude do nome ter sido patenteado por um gaúcho esperto que cobra royaltes de quem usa sem o consentimento dele) não é tão simples como muitos pensam. Ele depende de toda uma tecnologia e de uma imensa estrutura para funcionar.
      Para você ter uma idéia é necessário um programa específico que controle os inscritos, emita boletos, confira os pagamentos e ateste que o associado esta em dia. É necessário a montagem de uma estrutura de atendimento permanente com a contratação de pessoal e aquisição de equipamentos (computadores, impressoras, mesas, etc). No estádio, no mínimo, é necessário uma entrada exclusiva com catracas eletrônicas capazes de identificar o cartão do torcedor que, por sua vez, deverá conter a informação se ele está ou não em dia com sua mensalidade e assim possuir direito a vantagem (você pode perguntar, porque não se faz a entrega de ingressos de papel? A resposta esta na segurança do processo, uma vez que aqui em Belém e em outras cidades com a mesma prática é comum pegar pessoas vendendo os ingressos dos sócios-tocedores e assim desacreditando o programa). Outra complicadora é a atual distyribuição de renda do campeonato, já que sendo dividida como é, você depende de acordo com o time adversário para oferecer a vantagem a seus associados o que sempre trás alémde transtornos, um enorme prejuízo já que os Clubes impõe que o subsídio seja bancado pelo time do associado.
      Estes são apenas alguns dos problemas que seriam enfrentados pelo Clube se lançassemos de forma irresponsável o programa em Santarém.
      Sei que as vezes a torcida pode pensar que não trabalhamos em prol do Clube, mas, tenha certeza que é ao contrário.
      Como a regra do campeonato irá mudar nos próximos dois anos, já estamos em negociação com uma empresa que detém o know how para empregar o programa sócio-torcedor em Santarém.
      Enquanto isso, se você quiser contribuir com o Clube participe da promoções que em breve iremos realizar visando arrecadar dinheiro para custear a campanha do Clube na Série C do Brasileiro. Se você quiser contribuir ainda mais diretamente, estamos de portas abertas para sugestões ou mesmo sua participação nas reuniões da Diretoria do Clube é só nos procurar.

      Atenciosamente.

  • PANTERA disse:

    Jeso,

    O que está acontecendo com o setor jurídico do são raimundo? De uns dias pra cá , só estão dando mancadas. A última foi não comparecerem ao julgamento de dois jogadores, que foram julgados a revelia e penalizados. Poxa, será que agora viraram a casaca? Como se não bastasse a federação e todos estarem contra o pantera, os próprios dirigentes estão jogando contra?
    Peça informações do André Cavalcante.
    Um amadorismo sem tamanho.
    obrigado

    ASS; PANTERA INDIGNADO

    1. André Cavalcante disse:

      Caro Pantera

      Você, assim como todos da nossa querida torcida, não deve acreditar em tudo que escuta nas nossas rádios. Lembre que a grande maioria da imprensa santarena torce por outras cores e assim esta incomodada com o sucesso que o SREC vem fazendo. Perceba que sempre o que é destacado são os erros (na opinião deles) e nunca os acertos.
      Vou esclarecer o que de fato aconteceu.
      Quando soubemos que o julgamento seria no mesmo dia do jogo solicitamos a imediata transferência do mesmo. Como esta decisão cabe ao colegiado do Órgão Judicante, no caso a 1ª Comissão Disciplinar (CD) a Secretaria pediu que apresentássemos o pedido diretamente para a Comissão Disciplinar antes do início do julgamento.
      No dia 24.03, as 15:18 h, protocolizamos duas petições junto a Secretaria do TJD (vou mandar cópia da petição protocolizada para o e-mail do Jeso para ele, querendo, disponibilizar no blog) informando a impossibilidade dos atletas comparecerem na sessão em virtude do jogo e requerendo, em nome do princípio da ampla defesa, a transferência do julgamento.
      Este pleito de transferência baseado na ampla defesa é usual e freqüentemente acatado nas Comissões Disciplinares do TJD/PA, ainda mais quanto se tem uma extensa pauta de julgamentos como naquele dia.
      Assim, foi com muita estranheza que recebi a notícia de que o pleito de transferência havia sido indeferido, porém, mesmo podendo chegar ao TJD antes do início do julgamento dos nossos atletas resolvi não comparecer.
      Minha decisão não foi aleatória ou fruto da minha negligência, como levianamente um comentarista da Rural chegou a falar na transmissão do último domingo, ela foi baseada em uma estratégia jurídica que estabelecemos e que já havia sido exitosa em outros processos.
      A lógica era simples, sem a presença dos jogadores a punição não seria diferente (os fatos imputados a eles nas súmulas, em especial ao Hallace, eram pesados e só a presença deles poderia contestar a narrativa dos árbitros), por outro lado se eu comparecesse no julgamento e produzisse a defesa oral a alegação de ofensa ao princípio da ampla defesa não prosperaria em um eventual recurso. Assim, resolvi esperar o resultado do julgamento.
      Como você deve saber o Carlão foi absolvido; o Leandrinho pegou dois jogos de suspensão e já cumpriu a pena (um com a suspensão automática e o outro neste jogo contra o Independente) e o Hallace pegou cinco jogos (dois já cumpridos).
      Em relação ao Carlão e ao Lenadrinho não tivemos maiores prejuízos. Em relação ao Hallace, que ainda tem três jogos a cumprir, resolvemos não recorrer, porque quando ele cumprir o terceiro jogo iremos propor a conversão da pena e assim evitamos de gastar só com emolumentos do recurso mais de R$1.000,00 (mil reais). Lembre que o Hallace sequer vem sendo relacionado, o que não justifica gastar com algo que em breve será facilmente resolvido.
      Portanto, amigo, não faça como estes pseudo-jornalistas, procure se informar antes de ficar indignado ou pior, antes de acusar as pessoas sem o mínimo de subsídio para tanto.
      Aliás, para você ou qualquer outro alvinegro que queira saber das coisas do Pantera aqui por Belém meu e-mail é andrecavalcanteadv@hotmail.com. Pode me escrever a hora que quiser que eu terei o maior prazer em responder.
      Para meus críticos da imprensa, que eu sei que são muitos, e para todos os torcedores alvinegros que se interessarem, quero dizer que eu estarei em Santarém por ocasião do jogo contra o Águia no domingo de páscoa, assim, quem quiser tirar qualquer dúvida ou saber a verdade dos fatos que são levianamente distorcidos pela imprensa azulina de Santarém eu estarei à inteira disposição de vocês na sede do Clube por toda manhã do sábado.
      Após me ouvirem e se chegarem a qualquer conclusão que desabone minha conduta quanto Diretor Jurídico entregarei meu cargo a Presidência do Clube.

      Um forte e alvinegro abraço.

      1. Artur disse:

        André, morava em Belém e hoje já não estou morando no Pará. Mas lembro, que quando o SREC se arrastava nas competições estaduais e era tratado pela imprensa de Belém como mero coadjuvante, você era a voz forte do clube e sempre demonstrou amá-lo.
        Você sonhou e sonha grande para o SREC e vejo que está realizando o que almejou, juntamente com todos os que amam o SREC.
        Hoje o SREC é repeitado no Pará e conhecido em todo o País e você teve participação importante nesse processo.
        Parabéns e continue amando o SREC, que precisa muito de você.
        Um abraço.

        1. André Cavalcante disse:

          Artur

          Obrigado pelas palavras, mas, devo dizer que ninguém conquista nada sozinho. Naquela época só pude fazer um trabaho de base visando o futuro com o apoio de pessoas que também amavam e amam o Clube.

          Esta história de sucesso que o Clube vem contruindo teve e tem a coloaboração de muitos. Sempre é dificil citar nomes, já que fatalmente se comete injustiças, mas, pessoas como o Sandeclei Monte, Elailson (Katola), Oswaldo Paulista, Valtinho (que não é o treinador), Olavo e Rosimar Bastos, Silvio Tadeu, o inesquecível Neves, mais rcentemente o Beto Tolentino (esse apostou alto), Jardel Guimarães, Júnior Tapajós (idealizador e fomentador do site do Clube), Sandro Lopes, Francis Moura, e muitos outros.

          Um forte e alvinegro abraço.

  • Alexandre Pedroso disse:

    Poiseh? Quando?

  • Elbio Pedroso disse:

    Jeso

    Pelo que eu sei será dia 01 de Abril….rsrsrsrsrsrsrs

    Com a palavra a Diretoria “AGUERRIDA”” DO GATO PRETO’, um dos Diretores disse aqui neste Blog, que este ano tudo seria Diferente , estamos vendo mesmo…tudo diferente.
    Lançar um produto, que vai gerar Receita…. e o primeiro trimestre já foi…… ou é muita competencia ou TOTAL DESPREPARO…ou é unico clube do Brasil que está com muito.. será?… As Contas todas PAGAS …tenho minhas duvidas. Só vendo.