Facebook tira do ar páginas do MBL por disseminarem fake news, mbl-fake-news-facebook

Membros do MBL, grupo de extrema-direita brasileiro

O Facebook retirou do ar uma rede de perfis e páginas ligadas ao grupo de extrema-direita Movimento Brasil Livre (MBL) e responsável por compartilhar notícias falsas, anunciou nesta quarta-feira (25) a rede social.

A ação faz parte de uma iniciativa para reduzir o alcance de páginas e perfis enganosos responsáveis por espalhar fake news pela plataforma.

“Como parte de nossos esforços contínuos para evitar abusos e depois de uma rigorosa investigação, nós removemos uma rede com 196 Páginas e 87 Perfis no Brasil que violavam nossas políticas de autenticidade”, informou o Facebook Brasil.

“Essas Páginas e Perfis faziam parte de uma rede coordenada que se ocultava com o uso de contas falsas no Facebook, e escondia das pessoas a natureza e a origem de seu conteúdo com o propósito de gerar divisão e espalhar desinformação.”

Segundo a Reuters, as páginas reuniam, juntas, mais de 500 mil seguidores e eram responsáveis por divulgar notícias falsas de teor conservador.

Entre as removidas estão nomes como Jornalivre e O Diário Nacional, revelaram fontes consultadas pela publicação.

De acordo com o Facebook, as ações dessas páginas e perfis ligados ao MBL violaram diretamente as diretrizes de uso da rede social. A companhia anuncia que manterá o trabalho de remoção de “conteúdo ruim” com uma equipe que conta atualmente com cerca de 15 mil pessoas (serão 20 mil até o final do ano) e recursos de inteligência artificial.

CONTRAPONTO

Por meio de sua página no Facebook, o MBL afirmou que a ação do Facebook se trata de “censura” contra “páginas de direita”.

No comunicado, o grupo ainda denuncia a remoção da rede de fake news como parte de um suposto “viés político e ideológico da empresa, manifestado ao perseguir, coibir, manipular dados e inventar alegações esdrúxulas contra grupos, instituições e líderes de direita ao redor do mundo”.

Com informações do site Tecmundo

Leia também:
Tribunal nega liberdade para réus acusados de disseminar fake news no Pará

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

2 Comentários em: Facebook tira do ar páginas do MBL por disseminarem fake news

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Vinnicius disse:

    Fake news é seu blog!

  • Osvaldino Pereira disse:

    Bem que você poderia seguir esse bom exemplo do Facebook e também começar a eliminar boa parte do pessoal que comenta por aqui, Jeso!!
    São vários perfis falsos, especialmente aqueles que atacam os governos trabalhistas e populares!!
    Abaixo as fakenews!!