Senador Collor de Melo é alvo de Polícia Federal em suposto esquema de propina
Collor de Melo, senador pelo estado de Alagoas. Foto: Agência Senado

O senador Fernando Collor é alvo da Polícia Federal, que apura esquema criminoso envolvendo o pagamento de propina para compra de licença do Ibama para a instalação do porto Pontal Paraná, informa o site O Antagonista.

A investigação é um desdobramento da Operação Politeia, deflagrada pela PF há cinco anos, em 2015, que apreendeu esportivos de luxo do senador.

 

Por ordem do Supremo Tribunal Federal, foram expedidos 12 mandados de busca e apreensão em endereços vinculados a Collor e outros investigados, além do bloqueio de valores financeiros.

Aproximadamente 50 policiais federais estão participando das ações em Curitiba (PR), Pontal do Paraná (PR), Gaspar (SC) e em São Paulo (SP).

O nome da operação O Quinto Ato é uma referência ao rastreamento financeiro efetuado pela PF a partir do pagamento da quinta parcela de um jato executivo adquirido pelo parlamentar investigado.

LEIA também: Disparo de fake news provoca nova condenação em Santarém; réu: professor

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Site Jeso Carneiro, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Um comentário em: Senador Collor de Melo é alvo da Polícia Federal por suposto esquema de propina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Manuel disse:

    Essas investigações, apurações, bloqueios, etc, já estamos cansados de saber o resultado final e como tudo termina em uma imensa PIZZA do tamanho de Brasília.